Economia

Seca no Sul afeta safra de grãos 2011/2012

A safra apresentou uma redução de 3,5%, o que representa 5,7 milhões de toneladas

A soja e o milho continuam as maiores culturas, representando, juntas, 83% da safra, ou 130 milhões de toneladas (Divulgação/New Holland)

A soja e o milho continuam as maiores culturas, representando, juntas, 83% da safra, ou 130 milhões de toneladas (Divulgação/New Holland)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de fevereiro de 2012 às 11h36.

Brasília - A seca prolongada na Região Sul do país fez com que o quinto levantamento da safra 2011/2012 apresentasse uma redução ainda maior em relação ao volume de grãos colhidos no ciclo anterior, que atingiu o recorde de 162,95 milhões de toneladas. A pesquisa atual, divulgada hoje (9) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), indica uma queda de 3,5%, ou 5,7 milhões de toneladas, resultando na previsão de uma colheita final de 157,2 milhões de toneladas.

Em relação ao último levantamento, publicado há um mês, a estimativa sofreu uma redução de 0,88%, ou 1,379 milhão de toneladas, porque ainda não tinha sido contabilizada grande parte da perda dos produtores na Região Sul.

A soja e o milho continuam as maiores culturas, representando, juntas, 83% da safra, ou 130 milhões de toneladas. Segundo a Conab, a produção de milho deve crescer 6%, chegando a 60,8 milhões de toneladas. A soja, no entanto, deve sofrer redução de 8,1%, rendendo 69,1 milhões de toneladas no ciclo atual.

Apesar da queda da produção, a área plantada nesta safra é maior, devendo ficar em 50,6 milhões de hectares, o que representa crescimento de 3,3% em relação aos 49,9 milhões do último ciclo. O cultivo de arroz e feijão primeira safra, no entanto, sofreu redução de área de aproximadamente 10%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 16 e 20 de janeiro por cerca de 60 técnicos que visitaram órgãos públicos e privados ligados à produção agrícola em todos os estados produtores.

Acompanhe tudo sobre:AgronegócioCommoditiesGrãosMilhoSojaSulTrigo

Mais de Economia

Haddad levanta possibilidade de apresentar MP de compensação da desoneração na próxima semana

Temporada de resultados nos EUA: o que explica o otimismo do mercado?

Boletim Focus: mercado eleva projeções do IPCA para 2024, 2025 e 2026

Cigarro pode ser taxado em 250% e cerveja em 46%, estima banco

Mais na Exame