Prorrogado edital de soluções para setor de petróleo e gás

Incentivo será de 100 milhões de reais. Empresas podem demonstrar interesse até 16 de agosto

São Paulo – Foi prorrogado o prazo para empresas manifestarem interesse em desenvolver projetos com soluções tecnológicas para a indústria de petróleo e gás. As empresas interessadas devem apresentar a Carta de Manifestação de Interesse à FINEP – Financiadora de Estudos e Projetos – até às 18 horas do dia 16 de agosto. O resultado está previsto para 16 de setembro.

O edital prevê a distribuição de 100 milhões de reais para apoiar os projetos selecionados e também pode oferecer contrapartida não financeira. O desenvolvimento dos projetos será feito por meio de cooperação entre indústrias do setor de petróleo e gás e instituições de pesquisa científica e tecnológica. Os seis setores que têm prioridade segundo o edital são: caldeiraria; conexões e flanges; válvulas; instrumentação e automação; válvulas, umbilicais e construção Naval.

O processo é composto por duas etapas. Na primeira, as empresas devem preencher o formulário da Carta de Manifestação de Interesse. Já na segunda, as instituições de pesquisa deverão detalhar o projeto em formulário próprio disponível no site da FINEP a partir do dia 5 de outubro.

Pesquisa

Desde o início de julho, está aberto um outro edital de apoio à criação, adequação e capacitação de laboratórios de instituições de pesquisa que queiram desenvolver soluções para fornecedores da cadeia de petróleo e gás. O valor do incentivo é de 30 milhões de reais e as propostas devem ser enviadas até o dia 8 de setembro.

As linhas de apoio serão: para laboratórios de ensaios de desempenho de válvulas e acessórios de tubulação; de equipamentos de segurança, e de qualificação e análise de umbilicais. A verba é proveniente do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico. Ambos os editais prevêem propostas de, o mínimo, 1 milhão de reais, incluindo bolsas de estudo e pesquisa.
 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.