Produção Industrial cresce em 11 regiões

A produção industrial cresceu, em abril, em 11 das 14 áreas investigadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em relação ao mesmo mês de 2003. Os maiores crescimentos foram observados nas indústrias do Amazonas (13,8%), São Paulo (10,7%) e Santa Catarina (10,3%). Apenas Rio de Janeiro (-4,0%), Ceará (-2,3%) e Goiás (-1,2%) reduziram […]
 (EXAME.com)
(EXAME.com)
D
Da RedaçãoPublicado em 09/10/2008 às 10:47.

A produção industrial cresceu, em abril, em 11 das 14 áreas investigadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em relação ao mesmo mês de 2003. Os maiores crescimentos foram observados nas indústrias do Amazonas (13,8%), São Paulo (10,7%) e Santa Catarina (10,3%). Apenas Rio de Janeiro (-4,0%), Ceará (-2,3%) e Goiás (-1,2%) reduziram a produção neste tipo de confronto.

Segundo a pesquisa industrial regional do IBGE, é o sexto mês consecutivo que cresce a produção em São Paulo, a maior do Brasil. Os ramos associados à produção de bens de capital e de consumo duráveis são os que têm apresentado a maior expansão. Os bens de consumo não-duráveis, mais suscetíveis à evolução da massa de rendimentos da população brasileira, não mostram o mesmo dinamismo.

A indústria do Amazonas vem mostrando forte crescimento nos últimos meses. O setor de material eletrônico e de equipamentos de comunicações continuou mostrando uma produção crescente (33% na compração de abril de 2004 com abril de 2003). São os televisores e os aparelhos celulares os que impulsionam a expansão acelerada. Em seguida, destacou-se a indústria de alimentos e bebidas (9,5%). Em contraste, os principais impactos negativos foram observados em equipamentos médicos-hospitalares, ópticos e outros (-16,9%) e em produtos de metal (-7,8%).

Veja Também