PIB da China deve crescer 8% em 2013, diz centro de estudos

Centro de Informação do Estado alerta para uma expansão no déficit fiscal do governo central para compensar um ambiente de incerteza externa

Xangai - O Centro de Informação do Estado chinês previu que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) da China será de cerca de 8 por cento no ano que vem --acima da meta do governo-- ao mesmo tempo em que alerta para uma expansão no déficit fiscal do governo central para compensar um ambiente de incerteza externa.

A instituição informou que a China deve continuar a implementar uma política orçamentária pró-ativa e uma política monetária prudente para promover esforços para reformar a economia.

A recomendação do relatório de que o déficit possa crescer em 100 bilhões de iuans (16,04 bilhões de dólares), para 650 bilhões de iuans, em 2013 ao mesmo tempo em que o governo amplia a reforma o imposto sobre o valor agregado e reduz a carga sobre empresas pequenas reforça uma recomendação da influente Academia Chinesa de Ciências Sociais.

A China ainda vai divulgar uma meta oficial de crescimento para 2013, mas fontes esperam que o governo mantenha a meta de 7,5 por cento de 2012.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também