PIB da Argentina cai 3,4% no 2º trimestre

Segundo o órgão oficial, o PIB registrou uma queda de 2,1% em relação ao primeiro trimestre deste ano

Buenos Aires - O Produto Interno Bruto (PIB) da Argentina caiu no segundo trimestre 3,4% em relação ao mesmo período em 2015, informou nesta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística e Censos (Indec).

Segundo o órgão oficial, o PIB registrou uma queda de 2,1% em relação ao primeiro trimestre deste ano.

O Indec informou ainda que no primeiro semestre o PIB acumulou uma queda de 1,7% em comparação com o mesmo período em 2015.

De acordo com o relatório oficial, a evolução macroeconômica do segundo trimestre de 2016 determinou uma variação negativa na oferta global de 1,2% com relação ao mesmo período do ano anterior devido à queda de 3,4% do PIB e a um aumento de 8,7% das importações de bens e serviços reais.

Na demanda foi observada uma queda de 1,9% nas exportações de bens e serviços e outra de 4,9% na formação bruta de capital fixo.

O consumo público, por sua vez, caiu 2%, e o consumo privado recuou 0,1%.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.