Economia
Acompanhe:

Petrobras reduz preço do querosene de aviação em 5,8%

Novo valor já começa a valer a partir desta quinta-feira; saiba mais

Petrobras: preços de venda de QAV buscam equilíbrio com o mercado internacional (Sergio Moraes/Reuters)

Petrobras: preços de venda de QAV buscam equilíbrio com o mercado internacional (Sergio Moraes/Reuters)

A
Agência Brasil

Publicado em 1 de dezembro de 2022, 16h20.

Última atualização em 1 de dezembro de 2022, 16h58.

A Petrobras anunciou a redução do preço do querosene da aviação (QAV) em 5,8% para as distribuidoras. O novo valor já começa a valer a partir desta quinta-feira, 1°. Os ajustes de preços de QAV são mensais e definidos por fórmulas contratuais negociadas com as distribuidoras.

Os preços de venda de QAV buscam equilíbrio com o mercado internacional e acompanham as variações do valor do produto e da taxa de câmbio, para cima e para baixo, com reajustes aplicados em base mensal, mitigando a volatilidade diária das cotações internacionais e do câmbio.

A Petrobras comercializa o QAV produzido em suas refinarias ou importado apenas para as distribuidoras. Estas transportam e comercializam os produtos para as empresas de transporte aéreo e outros consumidores finais nos aeroportos ou para os revendedores.

Distribuidoras e revendedores são os responsáveis pelas instalações nos aeroportos e pelos serviços de abastecimento. O QAV é utilizado em grandes aeronaves e representa um dos principais componentes do preço final das passagens aéreas.

Quer receber os fatos mais relevantes do Brasil e do mundo direto no seu e-mail toda manhã? Clique aqui e cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.