Movimento no comércio cai 0,7% em junho, diz Boa Vista

Indicador continua apresentando desaceleração em sua tendência de longo prazo, fato observado desde meados do segundo semestre de 2014

São Paulo - O movimento no comércio varejista no Brasil caiu 0,7% em junho ante maio e recuou 1,8% na comparação com junho do ano passado, segundo pesquisa divulgada pela Boa Vista SCPC nesta quinta-feira, 30.

No acumulado do primeiro semestre, o movimento baixou 1,6% ante igual intervalo de 2014. Já em 12 meses, o indicador apresenta elevação de 0,4% em junho, mas desacelerou 0,3 ponto porcentual ante o registrado em maio.

Segundo os economistas da Boa Vista, o indicador continua apresentando desaceleração em sua tendência de longo prazo, fato observado desde meados do segundo semestre de 2014.

"Para 2015, fatores macroeconômicos como elevação dos juros, piora do mercado de trabalho e aumento de tributos e inflação em patamar elevado continuarão afetando de forma intensa a confiança e o poder de compra do consumidor", diz a equipe em relatório.

Dentre os principais setores, o de Móveis e Eletrodomésticos apresentou queda de 3,4% em junho, na variação mensal, descontados os efeitos sazonais.

A categoria de Tecidos, Vestuários e Calçados caiu 1,1%. A atividade de Supermercados, Alimentos e Bebidas foi a única que apresentou aumento, de 1,1%. Já o segmento de Combustíveis e Lubrificantes ficou estável.

O indicador é elaborado a partir da quantidade de consultas à base de dados da Boa Vista, por empresas do setor varejista. As séries têm como ano base a média de 2011=100.

A Boa Vista também divulgou que a inadimplência do consumidor na cidade de São Paulo subiu 1,1% em junho ante maio, mas caiu 4,3% na comparação com junho do ano passado. No acumulado do primeiro semestre, há queda de 6,7%.

Já o indicador de recuperação de crédito do consumidor no Brasil - obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplência - subiu 2,4% no mês e avançou 0,7% no ano, mas mesmo assim acumula retração de 0,8% no primeiro semestre.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também