Milhares protestam contra austeridade na Itália

Protesto do "Dia sem Monti" foi contra as medidas de austeridade introduzidas pelo governo do primeiro ministro Mario Monti

Roma – Dezenas de milhares de pessoas marcharam por Roma em um protesto chamado “Dia sem Monti” neste sábado contra as medidas de austeridade introduzidas pelo governo do primeiro ministro Mario Monti.

Nomeado em novembro, quando a Itália viu-se arrastada à crise da dívida da zona do euro, Monti conseguiu a aprovação de severas medidas de austeridade a fim de reduzir a enorme dívida do país, incluindo o aumento de impostos, cortes de gastos e uma revisão das pensões.

“Nós estamos aqui contra as políticas dele, as mesmas políticas de toda a Europa, que levaram a Grécia a se ajoelhar e que está destruindo metade das escolas públicas e da assistência médica na Europa”, disse Giorgio Cremaschi, um dos manifestantes.

Monti tem defendido as medidas de austeridade, dizendo que acredita que seu governo tecnocrata será lembrado por ter ajudado a Itália a se livrar de uma profunda crise econômica sem ter de recorrer à ajuda externa.

Suporte a Exame, por favor desabilite seu Adblock.