Melhora de nota do Brasil pode ser antecipada com reformas, diz Guedes

Na véspera, a agência de classificação de risco Standard & Poor´s alterou o rating do país de estável para positivo

Brasília — O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta quinta-feira que o país está melhorando e que a alteração da perspectiva da nota de crédito brasileira para positiva na véspera, pela agência de classificação de risco Standard & Poor´s, reflete o trabalho que vem sendo feito.

"A S&P está só percebendo a efetividade das reformas que nós estamos implementando", afirmou ele, na saída de almoço com parlamentares.

"Então a expectativa nossa é que estamos já a caminho do upgrade. Isso normalmente leva dois anos, mas eu acho até que vamos conseguir antecipar. Se mantivermos nosso ritmo de reformas o Brasil vai retomar", afirmou.

Em entrevista recente à Reuters, Guedes estimou que a retomada do grau de investimento poderia ocorrer já em 2020.

Na quinta-feira, a S&P elevou de estável para positiva a perspectiva da nota de longo prazo em moeda estrangeira do país hoje em BB-, considerado grau especulativo.

Embora preveja que a relação dívida/PIB do país deva continuar a crescer nos próximos três anos, a agência citou a perspectiva de melhora da posição fiscal do país após a aprovação da reforma da Previdência e com a perspectiva de continuidade da agenda fiscal em 2020.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.