Economia

Margem Equatorial: Magda Chambriard defende exploração com 'rigorosos padrões de segurança'

Acompanhada de Alexandre Silveira, a presidente da estatal destacou que a transição energética será financiada pelo setor de óleo e gás

Magda Chambriard: exploração da Margem Equatorial deve ser feita com padrões de segurança (Lucas Landau/Getty Images)

Magda Chambriard: exploração da Margem Equatorial deve ser feita com padrões de segurança (Lucas Landau/Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 19 de junho de 2024 às 18h32.

Última atualização em 19 de junho de 2024 às 19h15.

Tudo sobrePetrobras
Saiba mais

Em cerimônia de posse, a presidente da Petrobras, Magda Chambriard, buscou conciliar em seu discurso a exploração de petróleo na Margem Equatorial com o desafio de acelerar a transição energética da estatal.

Posse de Magda Chambriard na Petrobras terá a presença de Lula

"A transição energética justa passa por reposição. Nessa linha, é fundamental desenvolver Margem Equatorial. Mas vamos desenvolver com rigorosos padrões de segurança e com processos de licenciamento", disse a executiva.

O ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, disse que quer construir um caminho seguro para explorar a região: "A pesquisa das potencialidades da margem equatorial é uma questão de soberania nacional e de responsabilidade com brasileiros e brasileiras. Vamos construir, junto ao Ibama, tecnicamente, um caminho ambientalmente seguro para dar o direito ao povo brasileiro de conhecer suas riquezas. [A Margem Equatorial] talvez seja a nossa última fronteira de petróleo e gás, antes da consolidação da transição energética", disse o chefe da pasta.

Magda ressaltou que os investimentos em exploração e produção de petróleo auxiliarão o processo de transição energética no país: "Não existe falar em transição energética sem mencionar quem é que vai pagar essa conta. E é o petróleo que vai pagar essa conta".

Presidente da Petrobras afirma que Lula demandou que empresa apoie o desenvolvimento do país

Plano de investimentos da Petrobras

A presidente da estatal disse ainda que quer acelerar o plano de investimentos da estatal para os próximos anos. "Ainda este ano vamos iniciar a plataforma de Mero 3 e vamos antecipar o início da produção do mar do Espírito Santo".

Magda também reforçou o interesse em ampliar os investimentos em parques de refino, com foco em "eficiência", além de citar a futura implantação do Trem 2 da refinaria Abreu e Lima para reduzir a importação do diesel.

A presidente da estatal também destacou esforços para um programa de construção de navios que garanta "confiabilidade operacional e geração de valor" para a empresa e para o setor naval brasileiro.

Os investimentos no setor de fertilizantes, um dos pilares defendidos pela presidente, também foi citado em seu discurso. "A nossa retomada ao setor de fertilizantes tem uma razão cristalina: eles são uma boa oportunidade para ampliar significativamente o mercado de gás. O gás é o nosso produto", afirmou.

Acompanhe tudo sobre:Magda ChambriardPetrobrasAlexandre Silveira

Mais de Economia

Governo Milei anuncia venda de dólares no câmbio paralelo argentino

Argentina volta a ter alta de inflação em junho; acumulado de 12 meses chega a 271,5%

Com alíquota de 26,5%, Brasil deve ter um dos maiores IVAs do mundo; veja ranking

Haddad declara ser favorável à autonomia financeira do Banco Central

Mais na Exame