Governo oficializa Décio Oddone como novo diretor-geral da ANP

Décio Oddone passou a maior parte de carreira na Petrobras, pela qual atuou no Brasil, Angola, Líbia, Argentina e Bolívia

Rio de Janeiro - O governo federal nomeou Décio Oddone como novo diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), com mandato de quatro anos, após a aprovação de seu nome pelo plenário do Senado Federal, na semana passada, informou a autarquia nesta sexta-feira em comunicado.

Oddone havia passado por sabatina na Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado em 14 de dezembro e sua nomeação foi publicada nesta sexta-feira, no Diário Oficial da União (DOU).

Décio Oddone passou a maior parte de carreira na Petrobras, pela qual atuou no Brasil, Angola, Líbia, Argentina e Bolívia, onde foi presidente da subsidiária da empresa, e entre 2015 e novembro de 2016 foi diretor de Projetos de Óleo e Gás da Prumo Logística.

Felipe Kury também foi nomeado para diretor da autarquia, em publicação do DOU na quinta-feira. Kury atuou em empresas como IBM, Microsoft, Softbank e Thomson Reuters.

A data da posse de Oddone e Kury ainda não foi anunciada.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também