FMI concede ao Iraque empréstimo de 5,4 bilhões de dólares

O acordo foi alcançado após uma semana de discussões entre o governo israelense e o Fundo Monetário Internacional (FMI) na Jordânia, informou a mesma fonte

O Iraque chegou a um acordo com o FMI nesta quinta-feira para a obtenção de um empréstimo de 5,4 bilhões de dólares, o que poderá estimular os doadores a desbloquear ajudas financeiras para o país em crise, informou um comunicado do organismo.

O acordo foi alcançado após uma semana de discussões entre o governo israelense e o Fundo Monetário Internacional (FMI) na Jordânia, informou a mesma fonte.

"Segundo o acordo e à espera da aprovação do conselho de administração do FMI, o Iraque poderá beneficiar-se de um empréstimo do FMI de aproximadamente 5,4 bilhões de dólares", disse o texto.

Para Christian Josz, chefe da missão do organismo no Iraque, o acordo se justifica porque "o Iraque se viu duramente afetado pelo conflito" com o grupo Estado Islâmico (EI) e "pela queda precipitada dos preços do petróleo".

Trata-se de um "programa financeiro e econômico de três anos que permitirá compensar os gastos com os preços do petróleo muito baixos e assegurar a viabilidade da dívida", afirmou em comunicado.

Segundo Josz, a ajuda deve chegar em junho ou julho, "uma vez que as medidas previamente decididas sejam implementadas".

Esse anúncio poderá melhorar a capacidade creditícia do Iraque e atrair investidores.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.