Diretor do Fed diz que entidade deve elevar juros nos EUA

Patrick Harker, membro votante do Fed neste ano, disse esperar que a inflação chegue à meta de 2 por cento do Fed neste ano ou no próximo

Filadélfia - A economia dos Estados Unidos está de volta ao normal, o mercado de trabalho está saudável novamente e a inflação está avançando, disse nesta terça-feira o presidente do Federal Reserve da Filadélfia, Patrick Harker, repetindo que espera o Fed eleve os juros três vezes neste ano.

"Dado o estado da economia, mais ou menos de volta ao normal, continuo a ver três altas modestas dos juros de 0,25 ponto percentual como apropriado para 2017, supondo que as coisas permaneçam nos trilhos," disse Harker em um discurso em que repetiu declarações recentes sobre economia e política.

Harker, membro votante neste ano, disse esperar que a inflação chegue à meta de 2 por cento do Fed neste ano ou no próximo.

Em parte, isso ocorre porque o mercado de trabalho está "mais ou menos de volta à saúde plena", mesmo enquanto ele continua a se apertar e os salários têm mais espaço para crescer, disse ele aos alunos da Wharton School, da Universidade da Pensilvânia.

O Fed elevou os juros duas vezes nos últimos dois anos, mas espera acelerar o ritmo de aperto agora que o desemprego, em 4,8 por cento, deve continuar impulsionando a inflação depois de anos abaixo da meta do banco central.

Projeções mostram que autoridades do Fed esperam aumentar os juros três vezes neste ano. A próxima reunião de política monetária é em meados de março.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.