Economia

Desembolso no ano até agosto deve cair 5%, diz BNDES

A projeção diz respeito ao período de janeiro a agosto deste ano em relação a igual período do ano passado e também à comparação em 12 meses


	Coutinho: "As consultas se recuperaram no terceiro trimestre da queda do primeiro semestre"
 (Victor J. Blue/Bloomberg)

Coutinho: "As consultas se recuperaram no terceiro trimestre da queda do primeiro semestre" (Victor J. Blue/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 29 de setembro de 2014 às 16h45.

Rio - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) estima uma retração do desembolso na casa de 5%, informou o seu presidente, Luciano Coutinho, após participar nesta segunda-feira, 29, do evento Fidic International Conference 2014.

A projeção diz respeito ao período de janeiro a agosto deste ano em relação a igual período do ano passado e também à comparação em 12 meses.

As estatísticas de setembro, informou ele, ainda não estão fechadas.

"A demanda por recursos do BNDES se recuperou um pouco e estamos mantendo um desempenho moderado, ligeiramente abaixo do ano passado. As consultas se recuperaram no terceiro trimestre da queda do primeiro semestre", afirmou Coutinho.

Acompanhe tudo sobre:BNDESDesempenhoDinheiroEconomistasgestao-de-negociosLuciano Coutinho

Mais de Economia

Lula pede solução de contradições de europeus para acordo com Mercosul

Crescimento econômico da China desaponta e pressiona Xi Jinping

Prévia do PIB: IBC-Br sobe 0,25% em maio, após estabilidade em abril

Boletim Focus: mercado reduz projeção do IPCA para 2024 pela 1ª semana após nove altas consecutivas

Mais na Exame