Brent recua com dados fracos na China e nos EUA

Dados econômicos dos dois maiores países consumidores reacendiam preocupações quanto à perspectiva de demanda

Londres - Os futuros do petróleo Brent caíam levemente em direção a 108 dólares por barril nesta quinta-feira com dados econômicos dos dois maiores países consumidores reacendendo preocupações quanto à perspectiva de demanda.

A atividade do setor industrial da China contraiu em janeiro pela primeira vez em seis meses, mostrou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) preliminar nesta quinta-feira, indicando um início de ano fraco para a economia.

Nos Estados Unidos, dados de indústria mostraram uma grande elevação nos estoques de petróleo apesar de um inverno com frio intenso que deveria elevar o consumo de combustíveis.

O Brent recuava 0,10 dólar às 9h33 (horário de Brasília), a 108,17 dólares por barril. Já o petróleo nos EUA recuava 0,01 dólar, a 96,72 dólares.

"Nós ainda acreditamos que a oferta está adequada e o crescimento da demanda provavelmente ficará atrás da nova produção que chegará ao mercado neste ciclo 2013-14", disse o estrategista de petróleo da VTB Capital, Andrey Kryuchenkov.

O relatório semanal de estoques nos EUA será divulgado pelo governo às 14h (horário de Brasília).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.