Rússia inaugura estação de satélite concorrente do GPS

A estação receberá sinais de satélite que ajudarão em épocas de desastres, apoiarão a navegação e auxiliarão na luta de Manágua contra narcotraficantes

A Rússia inaugurou uma nova estação de satélites na Nicarágua que operará seu sistema de navegação global GLONASS, projetado para concorrer com o GPS americano, segundo autoridades.

Igor Komarov, chefe da agência espacial russa Roscosmos, saudou na quinta-feira o momento de abrir “uma nova página nesta história”, informou o site de notícias estatal da Nicarágua 19 de Julio.

A estação construída na cidade de Nejapa, no sul da Nicarágua, sob um acordo de 2015, receberá sinais de satélite de “alta precisão” que ajudarão em épocas de desastres, apoiarão a navegação de barcos e navios no país e auxiliarão na luta de Manágua contra narcotraficantes.

Trata-se da primeira estação do GLONASS na América Central, acrescentou.

A Nicarágua, presidida pelo ex-guerrilheiro marxista Daniel Ortega, é crítica à política americana, mas mantém relações comerciais com o país, e tem bons laços políticos com a Rússia, China, Irã e Venezuela.

O GLONASS é o segundo maior sistema de navegação por satélite, depois do Sistema de Posicionamento Global (GPS) americano. Ambos têm múltiplos usos civis e militares.

O filho de Ortega e assessor presidencial Laureano Ortega participou da cerimônia na quinta-feira, e disse que a estação do GLONASS é “um projeto estratégico” entre a Nicarágua e a Rússia.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.