• AALR3 R$ 20,34 1.40
  • AAPL34 R$ 67,96 -2.78
  • ABCB4 R$ 17,36 4.52
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,72 -1.59
  • AESB3 R$ 10,75 0.66
  • AGRO3 R$ 30,95 1.08
  • ALPA4 R$ 20,84 -0.48
  • ALSO3 R$ 19,10 -1.29
  • ALUP11 R$ 26,71 1.17
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,53 -2.12
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 67,45 -0.34
  • ANIM3 R$ 5,50 -0.72
  • ARZZ3 R$ 81,36 -0.60
  • ASAI3 R$ 15,39 -0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,82 2.34
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
  • AALR3 R$ 20,34 1.40
  • AAPL34 R$ 67,96 -2.78
  • ABCB4 R$ 17,36 4.52
  • ABEV3 R$ 14,11 -0.77
  • AERI3 R$ 3,72 -1.59
  • AESB3 R$ 10,75 0.66
  • AGRO3 R$ 30,95 1.08
  • ALPA4 R$ 20,84 -0.48
  • ALSO3 R$ 19,10 -1.29
  • ALUP11 R$ 26,71 1.17
  • AMAR3 R$ 2,45 4.26
  • AMBP3 R$ 30,53 -2.12
  • AMER3 R$ 23,10 0.65
  • AMZO34 R$ 67,45 -0.34
  • ANIM3 R$ 5,50 -0.72
  • ARZZ3 R$ 81,36 -0.60
  • ASAI3 R$ 15,39 -0.06
  • AZUL4 R$ 21,23 0.00
  • B3SA3 R$ 11,82 2.34
  • BBAS3 R$ 35,68 -0.64
Abra sua conta no BTG

Pfizer planeja vacina contra Ômicron para março

Segundo o CEO da farmacêutica Albert Bourla, a vacina também terá como alvo as outras variantes que estão circulando
 (Getty Images/Steven Ferdman)
(Getty Images/Steven Ferdman)
Por Da redaçãoPublicado em 10/01/2022 16:20 | Última atualização em 11/01/2022 08:52Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A farmacêutica norte-americana Pfizer anunciou nesta segunda-feira, 10, que espera ter uma nova vacina contra a covid-19, produzida com o intuito de melhorar a proteção contra a variante Ômicron, em março.

O CEO da Pfizer, Albert Bourla, explicou que ainda não está claro se esse novo imunizante será necessário, mas disse que a sua empresa já está a começar a fabricar as primeiras doses porque alguns países querem tê-las o mais rápido possível.

"Temos a esperança de alcançar algo que ofereça uma proteção muito melhor, particularmente contra infeções, porque a proteção contra hospitalizações e doenças graves é razoável com as vacinas atuais, desde que tenha sido administrada uma terceira dose", afirmou o responsável ao canal televisivo CNBC.

Dados coletados no Reino Unido mostraram que as vacinas da Pfizer e da Moderna são cerca de 10% eficazes na prevenção da infecção sintomática por Ômicron 20 semanas após a segunda dose, de acordo com um estudo da Agência de Segurança de Saúde do Reino Unido. No entanto, as duas doses originais ainda oferecem boa proteção contra casos graves, concluiu o estudo.

Já a dose de reforço são até 75% eficazes na prevenção de infecções sintomáticas, de acordo com o mesmo estudo.

Veja Também

EUA limitam uso da vacina contra covid da Johnson & Johnson
Ciência
Há 2 semanas • 2 min de leitura

EUA limitam uso da vacina contra covid da Johnson & Johnson

Faturamento da Pfizer dispara no primeiro trimestre
Negócios
Há 2 semanas • 2 min de leitura

Faturamento da Pfizer dispara no primeiro trimestre