NASA descobre Kepler-90, sistema mais parecido com o da Terra

A descoberta foi realizada graças à tecnologia da NASA e a seu telescópio Kepler, junto com a inteligência artificial em parceria com o Google
Kepler-90: os cientistas programaram um computador com inteligência artificial para que aprendesse a identificar exoplanetas (NASA/Wendy Stenzel/Divulgação)
Kepler-90: os cientistas programaram um computador com inteligência artificial para que aprendesse a identificar exoplanetas (NASA/Wendy Stenzel/Divulgação)
Por EFEPublicado em 14/12/2017 17:25 | Última atualização em 14/12/2017 17:25Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Washington - A agência espacial dos Estados Unidos (NASA, na sigla em inglês) anunciou nesta quinta-feira a descoberta de um novo conjunto de planetas, um sistema solar chamado de Kepler-90 que é composto por oito astros, como o nosso, que orbitam sua estrela a uma distância similar a dos planetas vizinhos à Terra.

A descoberta foi realizada graças à tecnologia da NASA e a seu telescópio Kepler, junto com a inteligência artificial proporcionada em parceria com o gigante tecnológico Google.

Os pesquisadores Christopher Shallue e Andrew Vanderburg foram os responsáveis pela descoberta e programaram um computador com inteligência artificial para que aprendesse a identificar exoplanetas nas leituras de luz registradas por Kepler, ou seja, uma minúscula oscilação no brilho capturado pelo telescópio quando um planeta passava ou transitava em frente a uma estrela.