Mudanças na voz podem indicar infecção por covid-19 em assintomáticos

Embora ainda preliminar, estudo do MIT pode tornar possível a criação de testes mais simples e baratos para a população

Um estudo feito por cientistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT ) descobriu que é possível verificar se portadores assintomáticos de covid-19 têm o vírus a partir da análise de sutis variações no som de sua voz.

A forma como nós respiramos enquanto falamos influencia na qualidade do som da nossa fala. Por meio de um detector de atividade de fala que funciona com algoritimos, os cientistas identificaram falhas na voz que podem derivar de disrupções nos músculos do sistema respiratório causadas pelo coronavírus.

No teste, os pesquisadores usaram áudios de cinco pessoas públicas extraídos de vídeos antes e depois de testarem positivo para o vírus.

Estudos indicam que casos assintomáticos de coronavírus podem corresponder a cerca de metade das infecções. Embora os cientistas ressaltem que o resultado ainda é preliminar e precisa de aprofundamento, a descoberta pode tornar possível testes mais simples e baratos para a população.

 

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Deseja assinar e ter acesso ilimitado?

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.