Aproximação de Júpiter e Saturno acontece no mesmo dia do solstício de verão

A aproximação ocorre ao mesmo tempo que os solstícios de verão e inverno, nos hemisférios sul e norte da Terra, respectivamente

Nesta segunda-feira, 22, acontece um fenônemo raro para a astronomia: a proximidade entre os planetas Saturno e Júpiter, visível para todos os moradores do planeta Terra, seja a olho nu ou com o uso de binóculos ou telescópios. A menor aproximação entre ambos os planetas aconteceu  cerca de 397 anos atrás --- depois de 2020, só em 2040.

Essa aproximação ocorre ao mesmo tempo que os solstícios de verão e inverno, nos hemisférios sul e norte da Terra, respectivamente. Segundo o site Clima Tempo, a visualização do evento será possível no Rio Grande do Sul, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Maranhão.

Quer trabalhar na área de tecnologia? Aprenda do zero a programar com nosso curso de Data Science e Python.

No Espírito Santo também será possível dar uma boa vislumbrada em Júpiter e Saturno. Para outros locais, como São Paulo e Rio de Janeiro, a tarefa não será tão simples assim --- por conta das chuvas, poderá haver muita nebulosidade no céu após o pôr do Sol.

Para quem não conseguir assistir à aproximação pessoalmente, um vídeo ao vivo foi disponibilizado.

Por que isso acontece?

A pesquisadora Josina Nascimento, da Coordenação de Astronomia e Astrofísica, do Observatório Nacional (ON), explicou à Agência Brasil que o fenômeno acontece, em média, a cada 20 anos, nem sempre com condições de visibilidade. Entretanto, o que torna o evento desse ano raro é a proximidade aparente de Júpiter e Saturno e a condição de ser observado da Terra.

“Quando acontece a conjunção desses planetas, a separação entre eles pode ser de 1 grau ou 2 graus, mas o que é raro mesmo é essa separação de seis minutos de arco. Para você ter uma ideia, o tamanho da lua, que vemos no alto do céu, é de 30 minutos de arco, então você tem que dividir aquele tamanho por cinco e vai ter ideia de como é pequenininho esses seis minutos de arco”, explicou Josina.

Além disse, segundo ela, devido à grande proximidade aparente, Júpiter e Saturno podem ser vistos, ao mesmo tempo, no campo da ocular de um telescópio (sem precisar movimentar o equipamento). Dependendo da capacidade de aumento do telescópio, entre os dias 19 e 23 poderão ser vistos também os quatro maiores satélites de Júpiter, chamados galileanos, e dois dos maiores satélites de Saturno, Titan e Jápeto.

Josina explicou que a última vez que os planetas estiveram em uma conjunção com distância angular semelhante foi em 16 de julho de 1623 e a próxima será em 14 de março de 2080. Mas em 31 de outubro de 2040 eles poderão ser vistos novamente, com a distância de 1 grau.

Desde o dia 16 de dezembro, Júpiter e Saturno já estão sendo visíveis a olho nu, logo após o pôr do Sol, e vêm se “aproximando” desde então. Na próxima segunda-feira (21), acontece o ápice da conjunção, mas o fenômeno ainda poderá ser visto até o dia 26.

Josina explicou que, para observar os planetas, a pessoa deve olhar para o horizonte a oeste, na direção onde o Sol se põe. Ao esticar o braço e abrir a mão, eles estarão na direção do dedo polegar. Para identificação, Júpiter é o ponto mais brilhante. O tempo de exposição é em torno de uma hora. “Mas tem que ter a visão do horizonte, não podem ter prédios na frente”, disse.

*Com informações de Agência Brasil

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.