Depois de uma primavera com 40ºC, o que esperar do verão de 2021?

Podcast Exame Agora traz entrevistas com meteorologistas e médicos para entender as consequências das altas temperaturas para o ser humano e o meio ambiente
Clima: 2020 teve o setembro mais quente já registrado no mundo, anunciou o serviço sobre mudança climática do programa europeu Copernicus (ROBERTO CASIMIRO/Estadão Conteúdo)
Clima: 2020 teve o setembro mais quente já registrado no mundo, anunciou o serviço sobre mudança climática do programa europeu Copernicus (ROBERTO CASIMIRO/Estadão Conteúdo)
B
Beatriz CorreiaPublicado em 20/10/2020 às 14:06.

43º C é uma temperatura geralmente típica de desertos, mas estava registrada em um termômetro de rua do extremo sul de São Paulo no início de outubro.

Mas o fenômeno das altas temperaturas não foi exclusividade do extremo sul paulista. O Brasil inteiro passa por uma onda de calor acima da média. Recordes de temperaturas foram quebrados e Institutos de meteorologia alertaram até para risco de morte.

O que está acontecendo? Se durante a primavera houve temperaturas de mais de 40ºC, o que se pode esperar do verão? Qual é o cenário do clima no resto do mundo e como as mudanças climáticas afetam a agenda econômica? 

No episódio #005 do podcast EXAME Agora, conversamos com meteorologistas e outros especialistas para entender as consequências das altas temperaturas para o ser humano e para o meio ambiente.