Ciência

2018 começará com raro evento astronômico no céu

Segundo a Nasa, a agência espacial americana, este fenômeno acontece quando a super lua cai em uma virada de ano

Lua: fenômeno raro acontece na virada do ano (photofxs68/Thinkstock)

Lua: fenômeno raro acontece na virada do ano (photofxs68/Thinkstock)

Diogo Max

Diogo Max

Publicado em 31 de dezembro de 2017 às 14h27.

Recife – O ano de 2018 terá um evento astronômico raro que acontece logo nos seus primeiros momentos: uma wolf moon, ou uma lua de lobo, em uma tradução livre para o português.

De acordo com um comunicado emitido pela Nasa, a agência espacial americana, o fenômeno acontece quando a super lua cai em uma virada de ano.

A super lua ocorre quando o satélite natural está mais próximo da Terra, de modo que a lua cheia aparece maior e mais brilhante para os observadores no nosso planeta.

Para se ter ideia, segundo os cálculos da Nasa, a super lua de hoje deve ficar 14% maior e 30% mais brilhante do que uma lua cheia comum.

Além disso, a super lua da véspera deste ano novo faz parte de uma trilogia que começou no início deste mês e vai até o fim de janeiro, quando vai culminar com um eclipse lunar total, gerando o que muitos denominam de lua sangrenta, de acordo com a Nasa.

No dia 31 de janeiro, contudo, esse fenômeno terá um outro nome. Terá o nome de super lua azul e sangrenta, isto é, uma mistura de blue e blood moon. Uma lua azul é simplesmente quando existe duas luas cheias em um mesmo mês.

Acompanhe tudo sobre:AstronomiaLuaNasa

Mais de Ciência

Dia do Amigo: relação é fundamental para a saúde mental, diz psicóloga

Álcool: quanto você pode beber e ainda assim ficar saudável?

Caverna na Lua poderia abrigar humanos; entenda

Crise climática pode impactar vida sexual dos insetos, diz estudo

Mais na Exame