Teatro Eva Herz retoma programação com 3 espetáculos em cartaz

O espaço, que está voltando a ganhar vida após dois anos fechado devido à pandemia, é a grande aposta da Livraria Cultura para sua retomada
 (Divulgação/Divulgação)
(Divulgação/Divulgação)
Por Matheus DoliveiraPublicado em 10/03/2022 13:26 | Última atualização em 10/03/2022 14:31Tempo de Leitura: 4 min de leitura

De cortinas abaixadas desde que a pandemia começou, em março de 2020, o Teatro Eva Herz, do mesmo grupo da Livraria Cultura, finalmente está retomando suas atividades em São Paulo com três espetáculos em cartaz.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Além de São Paulo, a rede batizada com o nome da avó do atual presidente da livraria, o empresário Sérgio Herz, está presente também em Porto Alegre e no Shopping Market Place em São Paulo.

Além de ajudar a reerguer a cena cultural paulistana, penalizada nos últimos dois anos, a reabertura do Eva Herz São Paulo também está sendo encarada como uma grande aposta para a retomada da Livraria Cultura, que entrou em recuperação judicial no ano passado.

"O teatro vai ser reestruturado e se tornará o centro do novo negócio da Livraria Cultura", afirma André Acioli, curador e gestor do Eva Hetz. Segundo Aciolo, a ideia do grupo que administra os empreendimentos é transformar a loja da Livraria Cultura localizada na Avenida Paulista em grande centro cultural que fomentará experiências aos frequentadores.

Além da livraria e do teatro, um restaurante também fará parte do complexo da Cultura. Ele ficará no mesmo espaço onde hoje funciona uma cafeteria, que já está em reforma. "A loja da livraria passará a ser apenas um dos equipamentos do endereço", diz Acioli, que também afirma que as mudanças acontecerão aos poucos, de forma orgânica, sem uma reinauguração incensada da livraria.

A Valsa de Lili foi o espetáculo escolhido para a reestreia do teatro, que aconteceu no último final de semana, com casa cheia. A peça conta a história de Eliana Zagui, que passou 40 anos internada no Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo por contrair poliomielite. "É um espetáculo que tem tudo a ver com o que estamos vivendo. Ele questiona se, em momentos difíceis, devemos olhar para o problema ou para a esperança", diz Acioli.

Programação do Teatro Eva Herz

A VALSA DE LILI

(Divulgação/Divulgação)

Atriz Débora Duboc | Texto: Aimar Labaki | Direção: Débora Dubois

Lili é uma pessoa extraordinária e única, e, ao mesmo tempo, é uma mulher com questões iguais às de qualquer outro ser humano: o amor, a perspectiva do envelhecimento e da morte, os limites sociais e físicos e a luta pela sobrevivência. A única coisa que a distingue é que só consegue mexer os músculos do pescoço e da cabeça. Em pouco menos de 1 hora, ela conta sua história e de seus amigos, mas principalmente, narra a aventura de viver plenamente, transformando as tragédias e dramas do cotidiano. Sábados, às 20h. Domingos, às 18h.

A CONFISSÃO DE LEONTINA

Ator Márcio Trincchinatto | Texto: Ligia Fagundes Telles | Direção: Kleber Montanheiro

A Confissão de Leontina é um conto no qual sua protagonista suplica por outra chance social. Faz uma retrospectiva de sua vida, de seus momentos de felicidade, de amores, das traições, dos instantes de solidão e das desilusões. Reconhecendo-se mais uma habitante da grande cidade, sujeita às injustiças da vida, Leontina reconstitui seu percurso, desde os tempos de infância em que vivia numa pacata povoação – Olho d’Água. Uma infância árdua e pobre que a obrigou a trabalhar desde pequena, mas mais feliz do que os tempos que se seguiriam. Sextas-feiras, às 20h.

MARIA THEREZA E DENER

(Divulgação/Divulgação)

Atores Angela Dippe e Thiago Carreira | Texto: José Eduardo Vendramini e Wagner William | Direção: Ricardo Grasson

A amizade entre Dener (criador da moda brasileira) e Maria Thereza Goulart (nossa mais bela primeira-dama) nos ajuda a rever historicamente a política brasileira da década de 1960 e suas consequências até os dias atuais. Quartas e Quinta, às 20h.