Casual

"Roma" faz história e leva Oscar de melhor filme estrangeiro

As rivais de "Roma" eram "Cafarnaum" (Líbano), "Guerra Fria" (Polônia), "A Sombra do Passado"(Alemanha) e "Shoplifters" (Japão)

Diretor de "Roma", Alfonso Cuarón recebe o Oscar (Mike Blake/Reuters)

Diretor de "Roma", Alfonso Cuarón recebe o Oscar (Mike Blake/Reuters)

E

EFE

Publicado em 24 de fevereiro de 2019 às 23h51.

Los Angeles - "Roma", de Alfonso Cuarón, venceu neste domingo o Oscar de melhor filme estrangeiro, tornando-se assim a primeira produção mexicana a ficar com a estatueta dourada nessa categoria.

As rivais de "Roma" eram "Cafarnaum" (Líbano), "Guerra Fria" (Polônia), "A Sombra do Passado"(Alemanha) e "Shoplifters" (Japão).

O encarregado de entregar o Óscar foi Javier Bardem, que fez o seu discurso completamente em espanhol.

"Não há fronteiras nem muros que freiem o engenho e o talento", disse o ator espanhol no palco do Teatro Dolby. "Em cada região do mundo há histórias que nos comovem e nesta edição comemoramos a excelência e a importância da cultura e do idioma de diferentes países", acrescentou.

Cuarón recebeu a estatueta dourada e provocou risos no auditório ao explicar que cresceu vendo filmes estrangeiros como "Cidadão Kane", "Tubarão" ou "O Poderoso Chefão". EFE

Acompanhe tudo sobre:CinemaEstados Unidos (EUA)Oscar

Mais de Casual

Os melhores restaurantes de Tiradentes (MG), segundo o ranking EXAME Casual 2024

The Macallan comemora 200 anos em colaboração com El Celler de Can Roca

São Paulo sedia Copa do Mundo de Beach Tennis 2024 pela segunda vez; confira data e local

Olimpíadas de Paris: hotéis cortam preço de diárias em até 41% para atrair turistas

Mais na Exame