Como é fabricado o primeiro gim concentrado 100% brasileiro

Com 6 vezes mais botânicos, a bebida concentrada da BEG Boutique Destilaria é comercializada em uma garrafa de apenas 375 ml, mas rende mais que o dobro do que um gim tradicional

Uma única dose de 10 mililitros é o suficiente para preparar um coquetel de gim-tônica com mais sabores, aromas e menos álcool.

Essa é a promessa da BEG Boutique, destilaria nacional que está lançando o primeiro gim concentrado 100% brasileiro, disponível a partir deste mês nas gôndolas da rede Pão de Açúcar, dos empórios Santa Maria e no e-commerce.

Ganha pouco, mas gostaria de começar a guardar dinheiro e investir? Aprenda com a EXAME Academy

A diferença da bebida concentrada em relação aos gins tradicionais que você já conhece começa pela Garrafa. No lugar dos frascos comuns de 750 ml, o BEG Concentrated gin possui apenas 375 ml. 

A aparência lembra um frasco de perfume, mas neste caso, tamanho definitivamente não é documento. Segundo a fabricante, cada garrafa do gim concentrado rende 37 doses de 10 ml. A critério de comparação, gins de 750 ml rendem cerca de 15 doses de 50 ml, duas vezes menos. Cada embalagem sai a partir de 130 reais. 

Beg gin concentrado: as garrafas acompanham um dosador de cerâmica pintado manualmente.

Beg gin concentrado: as garrafas acompanham um dosador de cerâmica pintado manualmente. (BEG Boutique Destilaria/Reprodução)

O teor alcoólico do gim concentrado é de 42%, não muito mais alto do que nos gins comuns, onde a porcentagem fica na casa dos 40%. Mas misturado à água tônica, como sugere a destilaria, a dose de 10 ml proporciona um drinque com menos álcool e mais leveza.

Os grandes diferenciais, no entanto, estão na quantidade de botânicos utilizados e no processo de destilação da bebida concentrada, que leva quase o dobro do tempo.

Como o gim concentrado é fabricado?

Diferente dos gins tradicionais, o concentrado leva seis vezes mais botânicos como folhas, raízes e especiarias na proporção gramas por litro.

Na fabricação dos gins, tudo começa no dia anterior a destilação, onde os botânicos são selecionados à mão e adicionados no alambique para uma maceração a frio (infusão) de aproximadamente 18 horas em álcool extra neutro de cereais, explica Arthur Flosi, sócio da BEG Boutique Destilaria. A grande diferença para o gim concentrado é que essa infusão dura mais de 30 horas.

No seguinte, é iniciada a destilação, processo que tem como objetivo extrair lentamente os aromas e sabores dos botânicos presentes na receita. A destilação do gim comum leva de 5 a 6 horas, no caso do concentrado, o mínimo é 8 horas.

Após a conclusão da destilação, o último processo é a diluição com água desmineralizada para chegar no grau alcoólico desejado, processo que também pode levar alguns pares de hora. “É um processo de destilação único, extremamente lento e minucioso. São 48 horas no total. Mas vale cada segundo”, Arthur Flosi.

Fundada em 2015 pelos sócios Thiago Luz e Arthur Flosi e Felipe Santoro, a BEG Gin foi reconhecida no internacional The Gin Masters em 2018 e 2019 e recebeu medalha de grande ouro no Spirits Selection by Concours Mondial 2019, em Bruxelas. 

Em 2020, a marca comercializou 90.000 garrafas de gim e faturou 4,8 milhões de reais. Neste ano, a expectativa é faturar 10 milhões de reais com o dobro de rótulos vendidos. Para isso, a marca está se mudando para uma nova destilaria em Campinas, interior de São Paulo, com capacidade de produzir até 40.000 garrafas por mês. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também