Fifa quer Copa de 2030 na Argentina/Uruguai, diz cartola

Um dos cartolas mais poderosos do futebol mundial, o argentino Julio Grondona afirmou que a Fifa deseja realizar a Copa de 2030 na Argentina e no Uruguai

Buenos Aires - Um dos cartolas mais poderosos do futebol mundial, o argentino Julio Grondona afirmou nesta quinta-feira que a Fifa deseja realizar a Copa de 2030 na Argentina e no Uruguai. Seria uma forma de celebrar os 100 anos da primeira edição do Mundial, em 1930, quando o anfitrião Uruguai foi campeão ao vencer a Argentina na final disputada em Montevidéu.

"A Fifa deseja festejar os 100 anos da Copa do Mundo na Argentina e no Uruguai. Isso eu posso confirmar. (O acordo para poder realizar o evento) Já está assinado pelas duas instituições (a Associação de Futebol da Argentina e a Associação Uruguaia de Futebol)", afirmou Grondona, em entrevista à emissora argentina Radio 10.

Presidente da Associação de Futebol da Argentina desde 1979, Grondona tem 81 anos e também é vice-presidente da Fifa. A ideia de realizar a Copa de 2030 nos vizinhos sul-americanos já circula há algum tempo, mas ainda não foi definida nem a sede do Mundial de 2026 - depois do Brasil no ano que vem, o torneio será na Rússia (2018) e Catar (2022).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.