Casual
Acompanhe:

Este supercarro foi comprado por US$ 13,7 milhões

Venda estava estimada entre 12 e 15 milhões de dólares


	MCLaren F1 1998: modelo foi vendido por US$ 13,7 milhões
 (Getty Images)

MCLaren F1 1998: modelo foi vendido por US$ 13,7 milhões (Getty Images)

D
Daniela Barbosa

18 de agosto de 2015, 09h37

São Paulo - No último fim de semana, o McLaren F1 1998, que estava sendo leiloado pela RM Sotheby Monterey, ganhou um novo dono, que não foi identificado. 

O modelo foi arrematado por 13,7 milhões de dólares. A venda era estimada entre 12 e 15 milhões de dólares.

O MCLaren F1 1998 é um dos mais potentes carros entre os construídos na história do automobilismo.

O esportivo foi produzido com estrutura de carbono e tem capacidade para levar até três pessoas. O volante central faz com que os passageiros se acomodem um de cada lado do motorista.  

O supercarro tem com motor de 680 cavalos de potência e dupla configuração, que permite seu uso tanto nas pistas de corrida, quanto nas estradas regulares.  

Após a venda, um vídeo postado no Instagram mostra o modelo desfilando pelas ruas de Monterey, nos Estados Unidos.