Casual

Coco Leve: conheça o gelo saborizado que 'nunca derrete' feito para drinques com gim

O produto é feito com óleos essenciais de limão, gengibre e hortelã, o que realça o gosto do drinque

Coco Leve: gelo para harmonizar com gim (Divulgação/Divulgação)

Coco Leve: gelo para harmonizar com gim (Divulgação/Divulgação)

Gilson Garrett Jr.
Gilson Garrett Jr.

Repórter de Casual

Publicado em 22 de maio de 2024 às 16h02.

Última atualização em 22 de maio de 2024 às 16h21.

O segmento de drinques prontos para beber está experimentando um crescimento significativo em escala global. De acordo com um estudo realizado pela consultoria IWSR, especializada no mercado de bebidas, é esperado que os volumes dessa categoria nos dez principais mercados, incluindo o Brasil, aumentem em 24% até o ano de 2026.

Apesar de o drinque do verão no Brasil ter sido o Paloma, com base de tequila, o consumo de gim não perdeu a majestade em território brasileiro. Um estudo da consultoria Euromonitor, feito em 2022, mostra que o consumo anual do destilado no Brasil vai chegar a 35,1 milhões de litros até 2026, um grande salto se comparado ao 1,1 milhão de litros consumidos em 2016.

De olho neste mercado surgiu a Coco Leve, uma empresa fundada em 2018 em Atibaia, no interior de São Paulo, que produz o 'gelo saborizado que nunca derrete'. Na verdade, ele derrete, mas de forma três vezes mas lenta do que o gelo convencional. A receita deu tão certo que o empresário Pedro Henrique Lima Silva criou diversas versões (são dez) para agregar ainda mais sabor. Em 2023, a empresa faturou R$ 50 milhões.

Gelo para gim

O último lançamento é um gelo feito para harmonizar com bebidas de gim. O produto é feito com óleos essenciais de limão, gengibre e hortelã, o que realça o gosto do drinque. Uma das dicas é experimentar com um destilado também saborizado, como o de frutas vermelhas, por exemplo, para dar aquele gostinho a mais.

Para retirar o gelo da Coco Leve da embalagem e aproveitar ainda mais o produto, basta quebrá-lo ao meio, sem a necessidade de qualquer acessório para a divisão. Um gelo rende dois drinques.

O empresário espera vender cerca de 1 milhão de unidade do gelo no primeiro mês de lançamento. “Já investimos mais de R$ 5 milhões nesse começo de ano para escalar nossa produção, o que nos permitiu lançar novos sabores e chegar em novos copos e taças”, afirma Pedro, fundador da Coco Leve.

Parceria com a bebida do Carnaval

No Carnaval deste ano, a Coco Leve se uniu à Xeque Mate, eleita a bebida da folia na cidade de São Paulo, para realçar ainda mais a bebida pronta que leva mate, rum, guaraná e limão. Para a ocasião, o sabor escolhido foi o de gengibre. 

“Nossa história começou no 'copão de uísque e água de coco' em bailes funk, adentramos os churrascos com o gelo de sal e limão para cerveja, chegamos aos bloquinhos de Carnaval com Xeque Mate e, com esse lançamento para gim, queremos reforçar que a categoria de gelos com sabor veio para ficar”, detalha Pedro Henrique Lima Silva.

Acompanhe tudo sobre:Bebidasbebidas-alcoolicascomida-e-bebida

Mais de Casual

Wine power: o poder dos bares de vinho na educação sobre a bebida

Antonio Forjaz, da Sportingbet, mostra a rotina multiesportiva de um executivo

O Brasil é apaixonado por picapes, e o CEO da Ford América do Sul sabe o motivo

A melhor mesa de restaurante do Rio de Janeiro fica no Copacabana Palace

Mais na Exame