Chimamanda Ngozi Adichie diz que é dever do homem ser feminista

A escritora Chimamanda Ngozi Adichie afirmou que é preciso conversar com homens sobre o feminismo e que eles devem apoiar a causa

A nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie afirmou, em entrevista à Marie Claire, que é um dever do homem ser feminista. “Temos que parar de pensar no feminismo como uma espécie de festinha exclusiva para a qual poucas pessoas são convidadas”, disse.

A escritora, de 41 anos, se consagrou na literatura africana com livros sobre o tema e acredita que os homens não vão lutar pela causa de livre e espontânea vontade. “Meu marido o faz porque falei com ele sobre isso”, afirma.

Chimamanda usa como exemplo a capital da Nigéria, Lagos, onde o garçom ou segurança de um restaurante dão ‘boa tarde’ para o homem, mas não cumprimentam a companheira, como se um cliente fosse diferente do outro por questão de gênero.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.