Brasil estreia nesta terça no pré-olímpico de basquete

A competição que acontece hoje na Croácia reúne seis países e apenas o campeão irá aos Jogos de Tóquio, no Japão
 (Basquete Brasil/Reprodução)
(Basquete Brasil/Reprodução)
Por Matheus DoliveiraPublicado em 29/06/2021 06:23 | Última atualização em 28/06/2021 18:31Tempo de Leitura: 2 min de leitura

A seleção brasileira masculina de basquete estreia contra a Tunísia no Pré-Olímpico de Basquete nesta-terça feira (29), às 15h (horário de Brasília), em Split (Croácia). A competição reúne seis países e apenas o campeão irá aos Jogos de Tóquio (Japão). Será a última chance de o basquete nacional brigar pela vaga olímpica, já que a seleção feminina não se classificou a Tóquio 2020.

O técnico Aleksandar Petrovic fechou neste domingo (27) a lista de 12 jogadores - o último a ser cortado foi o ala/pivô Cristiano Felício - que participarão do torneio. A equipe chegou à Croácia na última sexta-feira (25).

"Estamos próximos da competição e acredito que prontos para o Pré-Olímpico. Fizemos duas semanas ótimas de trabalho, e definimos neste domingo o grupo. Tivemos primeiro a saída do Caio, um jovem muito talentoso, depois do Cristiano Felício, que certamente estará conosco no futuro, e por último o Léo Demétrio, que foi uma grande surpresa nessa preparação, treinando muito bem e jogando muito bem na posição 3. É outro que em breve estará de volta e defenderá o Brasil por muitos anos", garantiu Petrovic, em depoimento ao site da Confederação Brasileira e Basquetes (CBB).

A equipe chegou à Croácia na última sexta-feira (25). Entre os 12 relacionados, o pivô Lucas Mariano não vê a hora de entrar em quadra.

“Estou muito feliz com o meu momento, muito motivado e confiante para o Pré-Olímpico. Acredito que o Brasil está pronto e quero fazer ainda melhor no torneio, mantendo o bom momento que tive no São Paulo na temporada - disse o atleta de 28 anos.

Após a Tunísia, a seleção masculina encara a Croácia, dona da casa, na quarta-feira (30), às 15h. Os dois melhores desse mini-grupo avançam às semifinais, contra os dois melhores entre da outra chave (Alemanha, México e Russia). A final será no dia 4 de julho.