Barcelona e Neymar põem fim à batalha judicial 'de forma amigável'

Jogador processou o clube, que o processou de volta, gerando um impasse que durou quatro anos
 (Reuters/Ricardo Moraes)
(Reuters/Ricardo Moraes)
Por ReutersPublicado em 26/07/2021 12:49 | Última atualização em 26/07/2021 15:21Tempo de Leitura: 2 min de leitura

O Barcelona disse nesta segunda-feira que chegou a um acordo extrajudicial "amigável" para encerrar suas disputas legais com o atacante Neymar, que saiu do Barça para jogar no Paris St-Germain em 2017.

O caso gira em torno de um bônus que Neymar disse não ter recebido como parte de um contrato que ele assinou em outubro de 2016, antes de sua transferência para o clube parisiense que atingiu o valor recorde de 222 milhões de euros.

Neymar processou o clube catalão em 46,3 milhões de euros, e a equipe o processou de volta por quebra de contrato. Um juiz do Barcelona ficou ao lado do clube, condenando Neymar em junho do ano passado a pagar ao time do Camp Nou 6,7 milhões de euros.

A imprensa espanhola disse que Neymar recorreu, iniciando um novo processo contra o Barça. Ações que agora foram anuladas.

O Barcelona disse em um comunicado que três ações trabalhistas e uma ação civil foram "encerradas fora do tribunal, de forma amigável".