Vagas para área de tecnologia aumentam 14,4% nos últimos meses

Pandemia saldo recorde de desempregados no Brasil, mas empresas de tecnologia foram pouco afetadas e são uma promessa para 2021
Computador: entre as vagas com mais demanda estão analistas e gestores de sistemas, de projetos, negócios e de produto digital (Kacper Pempel/Illustration/Reuters)
Computador: entre as vagas com mais demanda estão analistas e gestores de sistemas, de projetos, negócios e de produto digital (Kacper Pempel/Illustration/Reuters)
V
Victor SenaPublicado em 30/11/2020 às 14:40.

A pandemia do coronavírus deixou um saldo recorde de desempregados no Brasil e diversos setores em crise, como o de eventos, educação e academias de ginástica. No entanto, as empresas de tecnologia foram pouco afetadas e são uma promessa para 2021. 

Quer trabalhar na área de tecnologia? Aprenda data science e python do zero. Comece agora!

Um levantamento feito pela Kenoby, software para a gestão de ponta a ponta do recrutamento e seleção das empresas, registrou um aumento de 14,4% na abertura de vagas de tecnologia na plataforma nos últimos três meses.

Entre as vagas com mais demanda estão analistas e gestores de sistemas, de projetos, negócios e de produto digital, área de dados como business intelligence, analistas, engenheiros e cientistas de dados.

Empresas de Santa Catarina e São Paulo, por exemplo, têm mais de 200 vagas abertas para tecnologia. Apenas na startup Zé Delivery são 70. 

Outras startups também têm se destacado por estarem ampliando suas equipes de tecnologia da informação. Algumas, inclusive, com vagas em total home office.A disruptura na forma de fazer negócios, totalmente ligada a uma digitalização mais forte na sociedade devido ao isolamento social, tem gerado inclusive casos de novas profissões. O Facebook, por exemplo, criou um cargo para definir as políticas de home office da empresa.