A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Software usa big data para prever quando você irá se demitir

A Workday, companhia que produz software de RH e finanças, está desenvolvendo uma ferramenta que poderá revolucionar o mundo corporativo

Não fique assustado se no futuro seu chefe souber que você planeja se demitir antes mesmo de você fazer isso. Com a ajuda do big data, ele pode até saber se é melhor te dar uma promoção ou aumento de salário.

Isso porque a Workday, companhia que oferece soluções de RH e finanças para empresas, já está desenvolvendo um sistema capaz revolucionar a forma como as empresas gerenciam seus funcionários. Ele poderá detectar os candidatos mais notáveis para uma vaga, prever quais departamentos que irão exceder o orçamento e até dar um palpite sobre o próximo funcionário que irá se demitir.

Segundo a companhia, o software de negócios baseado na nuvem também vasculha perfis nas redes sociais e outros bancos de dados para organizar as pessoas por tipo de ocupação, ajudando os recrutadores a buscar profissionais em uma base mais ampla.

A tecnologia também poderá ser usada para que as empresas possam tentar reter seus melhores talentos antes que eles se demitam, sabendo até se eles preferem um aumento salarial ou promoção de cargo.

Mas, nada disso é tão fácil quanto sugerir um novo filme no Netflix ou um conteúdo nos feeds no Facebook. Trata-se de um trabalho muito mais complexo.

A Workday afirma ter pesquisado mais de 1 bilhão de perfis e anúncios de emprego para listar as pessoas que poderiam ser recrutadas para mais de um tipo de cargo. O trabalho de uma enfermeira, por exemplo, pode ser descrito em mais de 600 formas diferentes. A empresa já classificou cerca de 20 ocupações dessa maneira, e pretende ter mais de 70 cargos identificados, ajudando os recrutadores a terem mais opções de potenciais candidatos.

O co-fundador e chefe executivo da Workday, Aneel Bhusri, ainda disse em entrevista para o New York Times que a companhia irá focar na forma como seus clientes estão usando o produto para, então, aprimorá-lo conforme suas necessidades.

Ao que tudo indica, haverá uma forte adesão das companhias para criar ferramentas nesse sentido para melhorar sua performance internamente, e não apenas para oferecer serviços a seus consumidores.

Outras empresas de software também já estão desenvolvendo soluções a partir da análise de dados internos e externos, como a Salesforce, que anunciou uma nova ferramenta de análise de big data para seu sistema de gerenciamento de vendas. A Tidemark, outra companhia de serviços na nuvem, também já possui seu próprio produto para projetar desempenhos para o futuro.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também