A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Os 5 livros que Warren Buffett quer que você leia — e porquê

O investidor bilionário lê muito. Mas alguns livros ele carrega com carinho -- e adoraria que todos lessem

Warren Buffett é conhecido por passar 80% de seu tempo lendo. O investidor bilionário e CEO da Berkshire Hathaway leu muitos livros ao longo dos anos e deu muitas recomendações de livros ao longo do caminho. Mas existem alguns livros que Buffet carrega com carinho -- e que adoraria que todos lessem. Minda Zetlin, escritora e co-autora do livro "The Geek Gap", selecionou cinco desses livros e explicou porquê eles ocupam um lugar especial na biblioteca do investidor.

1. O livro que Buffett deu a Bill Gates

Quando Bill Gates perguntou a Warren Buffett qual era seu livro favorito 19 anos atrás, Buffett respondeu enviando a Gates sua cópia pessoal de "Business Adventures: Twelve Classic Tales from the World of Wall Street" (Aventuras nos negócios: Doze contos clássicos do mundo de Wall Street, na tradução livre), de John Brooks. Gates afirmou que este também se tornou seu livro de negócios favorito.

O livro é uma compilação das histórias de Brooks na New Yorker, publicada pela primeira vez em 1969, e relata doze contos clássicos e atemporais da vida corporativa e financeira na América. As histórias vão desde o desastre de US$ 350 milhões da Ford Motor Company conhecido como Edsel, a rápida ascensão da Xerox e os escândalos ​​na General Electric e no Texas Gulf Sulphur. O mundo dos negócios mudou muito desde 1969. Mas, para Gates, "os insights mais profundos de Brooks sobre os negócios são tão relevantes hoje quanto eram naquela época".

Business Adventures: Twelve Classic Tales from the World of Wall Street.

Business Adventures: Twelve Classic Tales from the World of Wall Street. (Amazon/Reprodução)

2. O livro que mudou a vida de Buffett

Buffett leu "Security Analysis" de Benjamin Graham e David L. Dodd quando estava na Universidade de Columbia, estudando com os dois autores. “Juntos, o livro e os homens mudaram minha vida”, escreveu ele. Buffett tem seguido a estratégia de investimento deles desde então -- e continua se dando bem. Ele chegou até a escrever o prefácio da última edição do livro. Buffett também é um grande fã de "The Intelligent Investor" (O Investidor Inteligente, em português), de Graham, que Buffett chama de "o melhor livro sobre investimentos já escrito".

Security Analysis: Sixth Edition, Foreword by Warren Buffett.

Security Analysis: Sixth Edition, Foreword by Warren Buffett. (Amazon/Reprodução)

3. O livro que Buffett apressou para ser publicado

Segundo uma publicação da Barron's, Howard Marks, cofundador da Oaktree Capital Management, planejava transformar uma compilação de cartas de seus clientes em um livro assim que se aposentasse. Mas Buffett era tão fã dessas cartas que ofereceu a Marks uma proposta para publicá-las mais cedo: Buffett escreveria para ele uma sinopse. Funcionou. Marks publicou "The Most Important Thing" em 2011, e posteriormente expandido como "The Most Important Thing Illuminated". Buffett o declarou "uma raridade útil".

The Most Important Thing Illuminated: Uncommon Sense for the Thoughtful Investor.

The Most Important Thing Illuminated: Uncommon Sense for the Thoughtful Investor. (Amazon/Reprodução)

4. O livro que o colega de Buffett escreveu

Temos a tendência de pensar em Buffett como o cérebro por trás da Berkshire Hathaway. Mas, na verdade, por décadas ele liderou a empresa em conjunto com o vice-presidente da Berkshire, Charlie Munger, outro investidor brilhante e igualmente popular, embora menos figura pública do que Buffett. Em 2005, Munger publicou "Poor Charlie's Almanack, The Wit and Wisdom of Charles T. Munger", uma compilação de seus discursos e apresentações. Entre outras coisas, explica por que as pessoas tendem a pagar a mais nas festas e leilões da Tupperware. "Os estudiosos têm debatido por muito tempo se Charlie é a reencarnação de Ben Franklin. Este livro deve resolver a questão", escreveu Buffett.

Poor Charlie's Almanack: The Wit and Wisdom of Charles T Munger.

Poor Charlie's Almanack: The Wit and Wisdom of Charles T Munger. (Amazon/Reprodução)

5. O livro que Buffett escreveu para si mesmo

As cartas anuais de Buffett aos acionistas da Berkshire Hathaway são ansiosamente aguardadas todos os anos por todo o mercado financeiro -- e geralmente são uma ótima leitura. Você pode encontrar todas as cartas desde 1977 no site da empresa, mas se quiser voltar a 1965 ou quiser as cartas em um formato mais cômodo, Buffett também publicou uma compilação que é atualizada a cada um ou dois anos. A edição mais recente vai até 2019.

Quais são as grandes tendências do mercado de trabalho? Invista na sua carreira. Assine a EXAME.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também