Google lança programa para criadores de conteúdo negros com incentivo de até R$ 9 mil

Iniciativa vai selecionar 100 produtores de conteúdo em todo o Brasil, que receberão mentoria profissional para criar o próprio site e gerenciar sua presença na web
 (PeopleImages/Getty Images)
(PeopleImages/Getty Images)
L
Luciana LimaPublicado em 14/09/2022 às 14:49.

Nesta quarta-feira, 14, o Google anunciou a abertura de inscrições para o Black Creator Program, uma iniciativa inédita no Brasil e dedicada a capacitar criadores de conteúdo negros que estão em início de carreira.

VEJA TAMBÉM:

Em parceria com a Creators LLC, startup que conecta criadores de conteúdo a empresas, a iniciativa vai selecionar 100 produtores de conteúdo em todo o Brasil, que receberão mentoria profissional para gerenciar sua presença na web.

"Queremos fornecer aos criadores as ferramentas para dar vida às suas histórias na internet, ajudando a criar o próprio site e incentivando a produção de conteúdo mais representativo e de qualidade para o ecossistema da web e, consequentemente, para a própria busca do Google”, diz Alex Bunning, gerente de parcerias estratégicas para a Busca do Google.

Quem pode se inscrever no programa de criadores negros do Google?

Para participar do programa, é necessário que os interessados se autodeclarem negros, tenham mais de 18 anos e estejam produzindo conteúdo de qualidade frequentemente para redes sociais no último ano.

Os candidatos podem ser pequenos criadores de conteúdo e não precisam ter um site publicado. Durante o programa, especialistas de diferentes áreas vão ministrar cursos e darão consultorias para os participantes.

Como vai funcionar o programa de criadores negros do Google?

Os criadores selecionados receberão ainda um apoio financeiro individual de até R$ 9 mil, conforme cumpram as etapas da iniciativa, além de suporte à saúde mental e de bem-estar por meio de iniciativas de integração propostas pela AfroSaúde - healthtech especializada em saúde mental de pessoas negras.

O embaixador da iniciativa será Spartakus Santiago, publicitário e apresentador da MTV, que acumula cinco anos de criação na internet e para grandes marcas.

Entre os mentores escolhidos para guiar os criadores de conteúdo selecionados pelo programa, estão:

  • Alê Garcia, um dos 20 creators negros mais inovadores do país segundo a Forbes;
  • Julia Reis, DJ e jornalista cultural voltada à cultura do rap e hip hop;
  • Aline Guedes, chef culinária e ex-participante do reality show “Mestre do Sabor”;
  • Fabiano Gomes, criador sobre moda masculina e dono do portal “O Cara Fashion”; 
  • Joicy Eleny, criadora focada em beleza e moda, e embaixadora de grandes marcas do segmento.

Como se inscrever no programa de criadores negros do Google?

Para participar da seleção, basta acessar o site oficial do programa e preencher o formulário até o dia 25 de setembro.  As aulas começam em outubro deste ano, com duração até abril de 2023.

Inscreva-se e receba por e-mail dicas e conteúdos gratuitos sobre carreira, vagas, cursos, bolsas de estudos e mercado de trabalho.