Como trabalhar no metaverso (mesmo sem entender de tecnologia)?

Professores, médicos, designers, arquitetos...Ao contrário do que se acredita, profissionais de diferentes áreas de formação devem ganhar espaço com a chegada do metaverso; entenda
Especialista acredita que, em breve, entender sobre o metaverso será pré-requisito básico para que qualquer profissional se mantenha inserido no mercado (Getty Images/Getty Images)
Especialista acredita que, em breve, entender sobre o metaverso será pré-requisito básico para que qualquer profissional se mantenha inserido no mercado (Getty Images/Getty Images)
I
Isabel RochaPublicado em 12/07/2022 às 09:00.

Quando a internet começou a ganhar força, no início dos anos 1990, ninguém imaginava que poucas décadas depois ela ditaria os rumos da humanidade e estaria presente em praticamente tudo o que fazemos – das compras online a entrevistas de emprego, da construção de projetos arquitetônicos à busca por um parceiro romântico.

Do mesmo modo, hoje ainda é difícil prever como o metaverso deve influenciar a sociedade nos próximos anos. Mas, pelo menos para grandes corporações e especialistas, também não restam dúvidas sobre o enorme potencial que essa tecnologia tem para transformar a economia, a forma de se relacionar e o mercado de trabalho que conhecemos hoje. “Dentro dos próximos dois ou três anos, prevejo que a maioria das reuniões virtuais deixarão de acontecer em imagens de câmeras em um grid 2D para o metaverso, um espaço 3D com avatares digitais", escreveu Bill Gates em um artigo publicado no final do ano passado.

E o cofundador da Microsoft não é o único especialista em tecnologia a apostar na influência que o setor terá para o futuro do trabalho. Em um ensaio intitulado “Metaverso: o que é, onde encontrar e quem irá construí-lo” publicado pelo escritor e investidor de risco Matthew Ball no início do ano,  o espaço virtual é descrito comoa porta de entrada para a maior parte das experiências digitais, a chave para todas as experiências físicas, e a próxima grande plataforma de trabalho”.

Mas, afinal, o que é o metaverso?

O metaverso pode ser definido como um espaço que mistura a internet, a realidade aumentada e a realidade física virtualmente aprimorada. É um ambiente virtual que simula o mundo real e serve para a criação de aplicativos e ferramentas de interação social. Dentre as empresas que já anunciaram sua aproximação com a tecnologia, estão as gigantes Microsoft, Apple, Nike, Disney, Renner e Itaú.

Comece agora a se especializar nessa tendência! Clique aqui e entenda, gratuitamente como o metaverso pode mudar a economia, os negócios e até o seu emprego

 Quais são as profissões do metaverso?

Com a chegada do metaverso no mercado de trabalho, é natural que novas profissões relacionadas a ele comecem a surgir. Alguns exemplos de novos cargos que já estão sendo criados são:

  •       Gestor de Patrimônio e Imobiliário Digital
  •       Analista de Taxas de Transação Virtual
  •       Gerente de Segurança da Informação & Riscos
  •       Engenheiro de Tecnologia de Metaverso
  •       Desenvolvedores de Avatares
  •       Designers de vestuário para avatares
  •       Especialista em Segurança Cibernética

Leia também: Quer trabalhar no metaverso? Veja 5 cargos que devem surgir na próxima década

Mas engana-se quem pensa que apenas pessoas formadas em tecnologia terão espaço neste novo mercado. Professores, médicos, designers, comunicadores e arquitetos também serão essenciais para a construção e manutenção do metaverso.

 “A verdade é que, independente da sua formação atual, você pode ganhar dinheiro participando dessa nova revolução digital”, garante Izabela Anholett, CTO da EXAME, que acumula mais de 14 anos de experiência no mercado de tecnologia. Mais recentemente, ela também entrou para o time de professores do MBA em Digital Manager e Metaverso do Ibmec em parceria com a EXAME, um curso em nível de pós-graduação que tem como objetivo formar a primeira turma de especialistas em metaverso do país.

Clique aqui para assistir as quatro primeiras aulas do MBA gratuitamente até o dia 19 de julho

Em entrevista recente à EXAME, Izabela afirmou que não deve demorar muito para que entender do metaverso seja considerado um pré-requisito básico para que qualquer profissional se mantenha inserido no mercado. “Daqui alguns anos, dominar o metaverso será o mínimo. Saber utilizar essa tecnologia será tão necessário quanto saber falar inglês ou criar tabelas no Excel: toda empresa exigirá. [...]Nutricionistas, médicos, advogados, arquitetos… todos deverão entender de tecnologia — e poderão ganhar dinheiro com isso —, sem, necessariamente, saberem programar”, disse.

Como se especializar no metaverso?

De olho na crescente relevância do metaverso no mundo corporativo (e na enorme oportunidade que isso representa para empresas e profissionais), a EXAME Academy e o Ibmec, uma das mais tradicionais escolas de negócios do país, desenvolveram o Master em Digital Manager e Metaverso.

 Para que os interessados possam conhecer o conteúdo antes mesmo de comprá-lo, as quatro primeiras aulas da formação estão sendo disponibilizadas de maneira 100% gratuita entre os dias 11 e 19 de julho. O conteúdo será entregue de forma online, e todos que participarem terão direito a um certificado de participação – independentemente de decidirem, ou não, fazer o curso completo. Para participar, basta realizar sua inscrição clicando aqui ou no botão abaixo.

 

QUERO PARTICIPAR DAS 4 AULAS GRATUITAS DO MBA EM DIGITAL MANAGER E METAVERSO DO IBMEC EM PARCERIA COM A EXAME