A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Como falar bem em público? Confira os principais erros para evitar

O autor do livro “Pare de Vacilar em suas apresentações” conta quais são os três elementos de uma apresentação perfeita

O que faz uma apresentação em público, seja na escola ou no trabalho, ser ótima? Segundo o Jean Emmanuel, especialista em Comunicação Pública e Empresarial e autor do novo livro “Pare de Vacilar em suas apresentações”, da Pandorga Editora, três elementos formam o tripé para uma apresentação perfeita:

  • Conhecimento do que está falando, seja por estudo, pesquisa ou sua experiência;
  • A técnica de oratória, uso da voz ou para contar histórias;
  • E a empolgação.

A Exame Academy reuniu um time de especialistas para te ensinar a usar melhor o seu tempo e ganhar em produtividade e qualidade de vida.

“Se tiver esse tripé, a palestra vai ser boa. Se faltar um dos três, sua apresentação fica bamba. Sabe aquela situação: a pessoa tem muito conhecimento, mas falta empolgação?”, fala ele.

O especialista explica que é necessário se atentar ao tempo de foco da sua plateia. Saber se apresentar bem é também entender que até a pessoa mais interessada só consegue prender atenção dos outros por 7 ou 10 minutos.

Segundo ele, manter a atenção do público para sua mensagem é o maior desafio. Confira algumas dicas para incrementar o tripé e fazer ótimas apresentações

O erro mais comum nas apresentações

“Desde a época da escola, a criança vai fazer a apresentação e fala olhando só para o professor e esquece os colegas. Você precisa fazer uma roda de conversa entre as pessoas, falando o tempo todo olhando para uma só você menospreza o resto e desconecta da conversa. Em um auditório, você precisa olhar para todos os setores. A dica para evitar esse vacilo é essa: olhe para o público. Quanto mais olha, maior a capacidade de encantar”

E também fica a dica para os tempos de home office: “No online, o buraco da câmera na sua tele do notebook é o público. Quanto mais olhar para baixo, mais desconectado da sua fala o público fica”.

Não mudar o tom de voz

“Falar de maneira monótona é outro erro comum. Falar tudo no mesmo volume ou entonação não pode acontecer. Você precisar trocar de velocidade e alternar o volume justamente para conseguir reter a atenção das pessoas. Ou você fica com aquela apresentação sonolenta, que as pessoas chegam a dar aquelas pescadas de sono. Se o público dormir, a culpa é de quem apresenta”.

Para melhorar nesse aspecto, ele recomenda trabalhar no autoconhecimento: “Você precisa se conhecer. Vivemos na era do áudio de WhatsApp. Grava sua apresentação, manda para uma pessoa e se escute. É uma ferramenta importante para conhecermos nossa potência vocal”

Não saber usar o PowerPoint

Um recurso visual, sendo o PowerPoint ou outro tipo de apresentação, pode ser seu amigo ou inimigo. “Depende da maneira como produzimos o material. Se você souber trabalhar com recursos, pode e deve utilizar. Muitas pessoas têm como canal de aprendizagem o visual e você tem que aproveitar isso. Só que se você não souber preparar o material bem, é melhor não usar. Se você só apresentar textos e ler direto, não vale a pena usar”.

A digitalização do mercado de trabalho vai roubar seu emprego? Saiba como se adaptar. Assine a EXAME.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também