Bússola
Acompanhe:
Um conteúdo Bússola

Traveltech lança plataforma inédita para gestão de viagens com mobilidade

Voll Pay permite que o colaborador faça a gestão das despesas de viagem em ambiente eletrônico sem necessidade de adiantamentos ou reembolsos

Voll tem hoje mais de 400 mil usuários (Morsa Images/Getty Images)

Voll tem hoje mais de 400 mil usuários (Morsa Images/Getty Images)

B
Bússola

17 de outubro de 2022, 18h35

A scale-up Voll acaba de lançar uma plataforma de gestão que promete mudar completamente a maneira como é feita a gestão das viagens corporativas, garantindo que o trabalho seja feito em mobilidade. “Por meio do Voll Pay, o colaborador da empresa que precisar contratar um serviço ou comprar um produto, esteja ele ou não em viagem, não precisará mais realizar pedidos de adiantamento de valores nem se preocupar com o reembolso de suas despesas. Os pagamentos serão feitos de forma digital, a partir de valor predeterminado por seu gestor para cada tipo de despesa, gerando dados unificados daquela transação”, diz Luiz Moura, cofundador e diretor de marketing da Voll.

Sem a necessidade de providenciar um adiantamento de valores e ter de aferir planilhas de pedidos de reembolso, as empresas passam a eliminar o tempo com a prestação de contas e permitir que a equipe tenha mais tempo disponível para explorar estrategicamente outras possibilidades.

A expectativa é que o Voll Pay tenha grande aderência do mercado. Hoje a Voll tem mais de 400 mil usuários em companhias como Itaú, McDonald's, Cargill e Vivo. O módulo de prestação de contas da plataforma já vinha registrando um crescimento exponencial. Foram 154 mil despesas registradas só em agosto deste ano, cinco vezes mais do que o registro de viagens realizadas no mesmo mês de 2021.

“O novo recurso, desenvolvido com tecnologia de ponta, oferece segurança e autonomia para o colaborador, enquanto garante agilidade e economia para as empresas ao reduzir custos a partir da otimização de processos que vão do pagamento à prestação de contas”, afirma Moura

Para o viajante corporativo, o resultado é tranquilidade durante a viagem e foco apenas no trabalho. “No turismo corporativo isso é transformador, afinal os viajantes a trabalho não estão apenas nas grandes capitais. Há milhares deles em regiões rurais, áreas de mineração e outras localidades menos abastecidas por estabelecimentos estruturados. Ao eliminar o processo de adiantamento e reembolso, e ter o controle de cada etapa do trajeto a negócios, incluindo os imprevistos, o colaborador não precisa se preocupar com o pós-viagem, pois isso já está sendo feito instantaneamente enquanto ele está fora, via Voll Pay”, diz Luciano Brandão, cofundador e CEO da Voll.

Já para a empresa, o uso do Voll Pay significa praticidade e economia

“Certas companhias, clientes da Voll, chegam a ter, por exemplo, 60 mil funcionários por mês em trânsito e, durante a fase prévia, de planejamento, precisam adiantar milhares de reais como adiantamentos de viagens para esse altíssimo volume de profissionais. Além de desgastante, esse processo é oneroso e pouco escalável, na maior parte das vezes. Sem falar na etapa após essas viagens, que costuma representar um grande gargalo de acompanhamento de dados avulsos em diversas planilhas para uma extensa prestação de contas na gestão financeira”, declara Brandão.

Além do teto de gastos diários explicitado para cada tipo de despesa, o Voll Pay ainda permite que a empresa determine regras de uso específicas para grupos e perfis de colaboradores, incluindo bloqueios por geolocalização e período de uso do recurso. Segundo Brandão, esse é um serviço único no mercado.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Últimas Notícias

ver mais
Danilo Maeda: Descompassos e contradições
Bússola

Danilo Maeda: Descompassos e contradições

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
3 perguntas de ESG para Matheus Ganem, da Seedz
Bússola

3 perguntas de ESG para Matheus Ganem, da Seedz

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
O que o BBB ensina sobre responsabilidade financeira
Bússola

O que o BBB ensina sobre responsabilidade financeira

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
Como o setor de TI auxilia na redução do impacto ambiental?
Bússola

Como o setor de TI auxilia na redução do impacto ambiental?

Há menos de um minuto • 1 min de leitura
icon

Brands

ver mais

Uma palavra dos nossos parceiros

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

leia mais