Acompanhe:

A Petlove acaba de superar a barreira de 220 mil vidas seguradas em seus serviços de planos de saúde, um crescimento de 100% em relação ao ano anterior, se consolidando como líder do setor com 65% do market share. Para o final de 2023, a empresa espera faturar R$ 260 milhões apenas com esta frente – o que representa 17% do faturamento total, estimado em R$ 1,5 bilhão para o ano – o que irá ampliar sua presença de mercado para 75% do share e 300 mil pets cobertos no período.

Qual é a estratégia utilizada pela Petlove?

Os resultados e as projeções são baseados, em parte, no aumento observado na busca pelo serviço de planos de saúde pet. Entre as estratégias utilizadas estão a expansão de cidades atendidas em todas as regiões do país, estando presente em 22 capitais e mais de 150 municípios –  um crescimento de 60% no ano – e o maior credenciamento de uma ampla rede de qualidade profissional composta de mais de 4 mil parceiros qualificados como clínicas, atendimentos 24 horas, laboratórios de exames simples e complexos, profissionais autônomos, veterinários com atendimento em domicílio e especialidades, um aumento de 87% no número de estabelecimentos e profissionais.

Outro ponto no planejamento de ampliação contínua do setor na Petlove é o investimento em uma maior acessibilidade dos planos de saúde e, nesse sentido, há o recém-lançado Plano Leve. A modalidade é a mais econômica da holding (a partir de R$ 19,90), contemplando vacinas básicas, consulta com médico-veterinário generalista, consulta em domicílio, microchipagem gratuita e tag localizadora. Tudo sem a necessidade de comprovação de doenças pré-existentes. Os preços são únicos independentemente da raça, idade ou porte do cão ou gato, variando apenas de acordo com a região em que o cliente reside.

Parcerias promissoras

Parcerias B2B também são motores para a expansão dos serviços, como os acordos recentes com os bancos Inter e BTG Pactual, que oferecem os planos de saúde pet para seus correntistas com benefícios exclusivos, bem como a comercialização de planos corporativos para diferentes empresas, que funcionam como benefícios para os funcionários destas, do mesmo modo como acontece com os planos de saúde para humanos. Hoje, 60 companhias nacionais e multinacionais já constam no portfólio da Petlove, representando 10% das vendas dos planos de saúde, mas com potencial para se tornar o principal braço de saúde nos próximos anos.

Estratégia a longo prazo

Em relação às expectativas de longo prazo, a Petlove almeja que sua cobertura se estenda a 500 mil pets até 2024, além de ampliar a atuação do setor de saúde para que corresponda a 20% das receitas totais, estimadas em R$ 650 milhões até 2025.

“Pesquisas apontam que apenas 0,4% dos cães e gatos possuem um plano de saúde, número que evidencia um amplo espaço para crescimento, melhorias e inovações. Estamos 100% atentos a essas oportunidades. A missão dos planos de saúde da Petlove é democratizar o acesso a serviços veterinários, e, por isto, nossos serviços são sem distinção de idade, porte ou doenças pré-existentes para novas adesões, oferecendo soluções para todos os perfis de clientes, seguindo o nosso propósito de tornar o mundo um lugar onde todos os pets sejam mais felizes e saudáveis”, afirma Fabiano Lima, CEO da área de saúde do Grupo Petlove.

A Petlove tem como missão zelar pela saúde e bem-estar dos animais, bem como pela tranquilidade e segurança em termos financeiros para os tutores nos momentos de necessidade. Para tal, o ecossistema pet oferece os planos Leve, Tranquilo, Ideal, Essencial e Completo, categorias que possuem uma ampla variedade de serviços e dependendo da modalidade escolhida, podem cobrir desde consultas com especialistas à internação, cirurgias, fisioterapia, acupuntura, e exames simples ou complexos.

A carência começa a contar a partir da data da microchipagem do pet, sendo que os procedimentos mais essenciais como consultas, vacinas e procedimentos clínicos têm apenas 45 dias de carência, e exames e consultas com especialistas possuem 60 dias.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | YouTube

Veja também

Campanha visa arrecadar até R$ 4,5 mi para o ensino público de São Paulo

Hospital Santa Catarina investe em inovação no tratamento oncológico

A (in)visibilidade dos médicos no mundo digital

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Depois da sangria, setor de saúde tem bom ponto de entrada na Bolsa, diz Safra
Exame IN

Depois da sangria, setor de saúde tem bom ponto de entrada na Bolsa, diz Safra

Há 2 semanas

“Carro-cachorro” circula por Santos para conscientizar sobre doenças causadas por parasitas
Um conteúdo Bússola

“Carro-cachorro” circula por Santos para conscientizar sobre doenças causadas por parasitas

Há um mês

Cientistas chineses conseguem clonar um macaco rhesus
Ciência

Cientistas chineses conseguem clonar um macaco rhesus

Há 2 meses

Mergulhadores ajudam cientistas a identificar raias no litoral de SP
Ciência

Mergulhadores ajudam cientistas a identificar raias no litoral de SP

Há 2 meses

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais