Parceria entre Eneva e Embrapa prevê reflorestar dois municípios do AM

Projeto beneficia famílias de agricultores que vivem em uma região de 8 hectares no Médio Amazonas
 (Florian Gaertner / Photothek/Getty Images)
(Florian Gaertner / Photothek/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 10/07/2021 às 11:55.

Um projeto de reflorestamento deve beneficiar famílias de agricultores que vivem em uma região de 8 hectares – o equivalente a oito campos de futebol –, nos municípios de Silves e Itapiranga, no Médio Amazonas. O projeto é uma parceria entre a Eneva, maior operadora privada de gás natural do Brasil e empresa integrada de energia, e a Embrapa, que prevê a implantação de sistemas agroflorestais de produção no Amazonas.

Serão empregados tecnologia e recursos no desenvolvimento de atividades sustentáveis de produção agroflorestal a partir do cultivo de mudas nativas. Os agricultores beneficiados pelo projeto receberão ainda cursos de capacitação técnicas de manejo de culturas agrícolas.

A Eneva mantém, nas duas cidades beneficiadas, o Projeto Azulão-Jaguatirica. "A cooperação permitirá vencer o desafio de implantar projetos de segurança alimentar, geração de renda sustentável e produção de alimentos, visando a redução da fome e da pobreza no interior do Amazonas", diz Elizabeth Telles, coordenadora de Responsabilidade Social da Eneva.

Ao longo de todo o mês de julho, equipes das duas empresas estarão na região, visitando as áreas de produção agrícola.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube