Empresas buscam talentos no TikTok, e dancinhas dão dicas de carreira

Com quase 700 milhões de usuários ao redor do mundo, o aplicativo vem ganhado espaço como um canal para procurar emprego

Por Hilane Tawil

No começo deste ano o TikTok viu crescer a hashtag #careeradvice (“conselhos sobre carreira”, em tradução livre), que alcançou mais de 80 milhões de visualizações diárias em meados de fevereiro.

A rede, que tem como missão “inspirar a criatividade e trazer alegria”, agora reúne não apenas desafios de dança, vídeos com imitações e tutoriais, mas também TikToks com dicas sobre carreiras e habilidades profissionais.

De olho nesse movimento, a plataforma está testando um recurso que permitirá que os jovens usuários do app encontrem oportunidades de emprego. A notícia foi divulgada no site Axios.

Alinhadas a essa tendência, algumas corporações já estão recrutando pelo TikTok. A HBO recebeu, no ano passado, mais de 300 inscrições para um estágio de verão anunciado na rede através da hashtag #HBOMaxsummerintern. Em janeiro a Nestlé também realizou seu primeiro recrutamento pela plataforma.

Eles buscavam “um perfil criativo, um profissional que queira fazer coisas novas e superar limites”. Já a marca de roupas Hollister, em parceria com o TikTok, divulgou um vídeo promocional da cantora Montana Tucker que encorajava os usuários a se inscreverem para trabalhar na empresa criando um vídeo que vendesse uma camiseta com a hashtag #HCoHireMe! O anúncio incentivava que eles soltassem a criatividade e “GET WEIRD” (“seja estranho”, em tradução livre).

O que querem os novos talentos

De acordo com dados do próprio app, 67% dos TikTokers têm menos de 25 anos e fazem parte de uma comunidade que apoia a diversidade e a autenticidade. São essas características que atraem olhares de empresas que procuram perfis jovens, inovadores e criativos.

A Geração Z não quer sair do TikTok, onde se sentem confortáveis para criar e se expressar, para buscar empresas em outros canais como o LinkedIn, que acabam tendo uma comunicação mais fria e impessoal.

A lógica que está se estabelecendo pelos jovens é a de que, se as corporações estão em busca de autenticidade e originalidade, é preciso que elas estejam nos ambientes em que possíveis candidatos estejam criando e se expressando livremente.

Boom de criadores de conteúdo

46% dos usuários do TikTok usam o app para descobrir novas coisas, e se tem algo que a Geração Z faz muito bem é mostrar suas ideias para o mundo. Os TikTokers não fazem apenas vídeos para entreter, mas também vendem opiniões, visões e habilidades de maneira única e inventiva.

Quem se destaca em meio à chuva de publicações diárias não são aqueles que postam muito, mas sim quem sabe tirar do papel conteúdos que chamam a atenção por serem interessantes e genuínos.

Só o tempo dirá se o TikTok vai se consolidar como um ambiente para procurar talentos e achar vagas de emprego, mas que a rede tem um imenso potencial para ser um cartão de visitas interativo e original, e com ótimas oportunidades, isso é indiscutível.

*Hilane Tawil é especialista digital na FSB Comunicação

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter | Facebook | Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também