Um conteúdo Bússola

Construtech acelera em até oito vezes orçamentos de obras

Orçafascio, software para engenheiros do 3F Group, oferece acompanhamento de medição, diário de obra, gerenciamento de compra e mais
Uso de softwares na engenharia civil cresce ano após ano (Leandro Fonseca/Exame)
Uso de softwares na engenharia civil cresce ano após ano (Leandro Fonseca/Exame)
Por BússolaPublicado em 24/05/2022 18:10 | Última atualização em 24/05/2022 15:57Tempo de Leitura: 2 min de leitura

Por Bússola 

Um levantamento realizado em 2020 pela Associação Brasileira das Empresas de Software (ABES) aponta que cerca de 16 mil empresas estão atuando no setor da tecnologia da informação no Brasil. A construtech Orçafascio, software do grupo 3F Group, faz parte desse conjunto e tem como premissa acelerar em oito vezes os orçamentos de obra, economizando cerca de 80% do tempo das equipes responsáveis por essa atuação. 

O uso de softwares na engenharia civil cresce ano após ano ,e seus propósitos são os mais diversos. Dentre eles, a Orçafascio oferece o acompanhamento de obras por meio dos módulos de medição, diário de obra, gerenciamento de compras de materiais e orçamento de obra conforme as regras do TCU (Tribunal de Contas da União) e mais 18 bases de composições, incluindo o SINAPI (Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices), SICRO (Sistema de Custos Referenciais de Obras) e SBC (Sociedade Brasileira de Computação). 

“Nosso software é destinado para pequenas e médias construtoras que desejam utilizar uma ferramenta mais rápida e eficaz que o Excel. Somos um serviço intuitivo, sendo necessário, no máximo, duas horas para aprender a utilizar a plataforma e oferecemos acesso de qualquer lugar que possua internet, já que estamos na nuvem”, afirma Antônio Fascio, CEO do 3F Group.  

Além disso, a Orçafascio conta com uma inteligência artificial que justifica o aceleramento do processo de orçamentos e o transforma no software mais moderno e rápido do mercado, oferecendo total controle do prazo da obra, mostrando antecipadamente o custo de material e mão de obra em cada etapa, reduzindo custos com alívio de fluxo de caixa e analisando o desempenho entre o planejado e o orçado. 

“Nossa plataforma é completa e vai além da inteligência artificial. Nosso objetivo é popularizar o uso da tecnologia no setor da construção civil, com custo acessível até mesmo para empresas menores que constroem”, diz Antonio Fascio, CEO do 3F Group. 

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube 

Veja também

Hospedagem de luxo traz conceito de curadoria de serviços para São Paulo 

 

Como usar a tecnologia para gerar impacto social 

 

Lideranças no AM defendem decisão de Moraes sobre Zona Franca