Um conteúdo Bússola

Caio Carneiro: liderança é uma habilidade. Aprenda a desenvolver

Liderança não é um cargo ou uma posição, é um posicionamento não assumindo um status de poder, mas colocando-se em um local de orientação
Características como visão, coragem, responsabilidade, confiança e integridade são comuns a um bom líder (Maskot/Getty Images)
Características como visão, coragem, responsabilidade, confiança e integridade são comuns a um bom líder (Maskot/Getty Images)
Por BússolaPublicado em 07/04/2022 15:17 | Última atualização em 07/04/2022 15:26Tempo de Leitura: 4 min de leitura

Por Caio Carneiro*

Afinal, liderança é um dom ou uma habilidade? Existem pessoas que nasceram para liderar ou trata-se de um conjunto de ações e comportamentos que podem ser desenvolvidos? Volta e meia essa conversa surge entre colegas de trabalho, familiares ou amigos. No final das contas, é um dom ou não é?

A habilidade de liderar é uma das competências mais cobiçadas atualmente, porém, há um ruído no entendimento de muitos. Uma das dúvidas mais comuns é se essa habilidade pode ser desenvolvida por qualquer pessoa. E a resposta para essa pergunta é: Sim! Mas, antes de tudo, é importante entendermos o real significado da palavra liderança.

A etimologia da palavra liderança deriva do inglês “leader”, que significa “guia”. A palavra líder de origem celta tem como significado “o que vai na frente”, logo, já fica nítido que liderança é uma atitude e não um dom. “Ir na frente” requer um conjunto de ações e comportamentos, não tendo influência nenhuma vinda do nosso DNA. Por outro lado, é importante ressaltar que existem personalidades que favorecem e aceleram o desenvolvimento da habilidade de liderar, mas de nada adianta se não houver dedicação.

Liderança não é um cargo ou uma posição, é um posicionamento não assumindo um status de poder, mas colocando-se em um local de orientação.

As características comuns a um bom líder são marcantes e quero aqui ressaltar cinco delas: visão, coragem, responsabilidade, confiança e integridade.

Visão é a habilidade de direcionar todos para um objetivo específico, comunicar com clareza, fornecer ao time um senso de direção, unidade e objetivo em comum. Já que líder é aquele que “vai na frente”, visão torna-se uma habilidade intrínseca da liderança.

Coragem, por sua vez, está totalmente relacionada com a característica anterior, pois “ir na frente” pode causar medo (desde a infância sabemos disso). E é justamente por isso que ter coragem, ou seja, “ir apesar do medo”, é tão importante, e esse comportamento é evidente em líderes.

Responsabilidade é um marco interessante, pois nos momentos de vitória um bom líder divide a glória com seu time, fazendo todos se sentirem parte da conquista. Nos momentos de derrota, geralmente esse líder “puxa” toda a responsabilidade para si, já que é ele quem está “indo na frente”.

A confiança parece ser marca registrada dos grandes líderes, e uma característica imprescindível, na verdade — para “ir na frente” é preciso realmente acreditar para onde se está indo, se o caminho vale a pena e se é capaz de seguir essa jornada. O magnetismo da liderança vem muito desse atributo, visto que nós seres humanos nos sentimos mais seguros, protegidos e no caminho certo quando estamos ao lado de pessoas que confiam fielmente na direção em que estão.

Integridade, por fim, parece ser a “sacola” que carrega todas essas virtudes, já que tem como significado “estado ou característica daquilo que está inteiro”. Pode também designar uma atitude de plenitude moral, sendo a característica de uma pessoa incorruptível, nos fazendo entender que o líder pode errar sim, como todos nós erramos, mas seus valores são inegociáveis. E não existe pessoa mais capaz de “ir na frente” do que aquela que coloca a prioridade dos outros à frente das suas.

*Caio Carneiro é empreendedor, investidor, expert em Vendas Diretas, palestrante e autor do best-seller Seja Foda!, livro de negócios mais vendido do país e também do livro Enfodere-se!

Este é um conteúdo da Bússola, parceria entre a FSB Comunicação e a EXAME. O texto não reflete necessariamente a opinião da EXAME.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedIn | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Cultura empresarial e a importância da valorização de equipe 

Para ser um bom líder, comece por você mesmo 

Por que é importante a maior participação feminina em papéis de liderança

Veja Também

Renato Krausz: o ESG num mundo com febre
Um conteúdo Bússola
Há 4 dias • 3 min de leitura

Renato Krausz: o ESG num mundo com febre

Exemplos de cima
Revista Exame
Há 4 dias • 5 min de leitura

Exemplos de cima