3 perguntas de ESG para Mariana Oiticica, do BTG Pactual

Co-Head de ESG e Investimento de Impacto do banco diz que o Brasil tem a natureza e a tecnologia como aliadas para ser referência em negócios sustentáveis

1. Quais foram as principais iniciativas de ESG do BTG em 2020?

Esse foi um ano importante para a área de ESG & Impact Investing, pois lançamos nossa divisão de “Sustainable and Impact Investing” em janeiro, com o principal objetivo de funcionar como uma área satélite às demais áreas do banco.

O time fomenta operações que geram impacto positivo ao meio ambiente e à sociedade, através de empréstimo e produtos financeiros, entre outras operações. Estruturamos uma operação de seguro de R$ 129 milhões para multiplicar a produção do principal fabricante de ventiladores pulmonares no Brasil em dez vezes, auxiliando no enfrentamento da Covid-19.

Realizamos parceria com a BlackRocks, um pólo de inovação e tecnologia para acelerar empresas brasileiras fundadas por empreendedores negros. Desenvolvemos nosso “Framework” de financiamentos verdes, sociais e sustentáveis e emitimos nosso primeiro título verde. Lançamos a primeira debênture sustentável emitida no Brasil, que financiou um projeto de energia renovável e de educação infantil.

Desenvolvemos ETF com a S&P focado em empresas brasileiras listadas que replica o índice S&P Brazil BMI ESG, a fim de promover melhores práticas de sustentabilidade e governança. Lançamos nossa estratégia de “Landscape Capital” dentro do Timberland Investment Group com foco na mitigação das mudanças climáticas e base na restauração e proteção de florestas.

Compensamos 100% das nossas emissões de carbono (escopos 1, 2 e 3), criamos Comitês de Diversidade, assim como aumentamos a exposição do BTG Pactual em transações Verdes e Sociais. Por fim, aderimos ao “Global Impact Investing Network” (GIIN) e ao UNEP FI – Princípios da Responsabilidade Bancária e Princípios do Equador.

 

2. Como a pandemia afetou a busca por produtos de impacto e ESG? Qual é a principal dúvida dos investidores?

Durante o ano de 2020 vimos um interesse crescente em relação a produtos ESG e de impacto. O interesse deixou de ser reativo e limitado à segunda geração de clientes e passou a ser proativo, alcançando também a primeira geração.

Há uma curiosidade em entender o que são os investimentos, como os impactos positivos na sociedade e no meio ambiente são mensurados e se os rendimentos são semelhantes aos investimentos tradicionais.

Como a Europa está mais avançada no assunto e ainda tem a principal fatia de investidores ESG e de impacto, muitas vezes usamos este mercado para demonstrar que ativos sustentáveis podem ser tão ou mais rentáveis que os tradicionais.

Os critérios e métricas adotados pelos produtos ainda são variados e, com a nova taxonomia europeia, isso deve mudar.


3. Como o BTG vê o futuro do investimento sustentável no Brasil?

O Brasil tem um DNA natural para investimentos sustentáveis. Nossa geografia é naturalmente propícia para energia renovável, como a hídrica, a solar, a eólica e a biomassa. Além disso o Brasil tem uma das maiores áreas de floresta do mundo, com uma biodiversidade muito rica.

Ao mesmo tempo, temos problemas sociais profundos que precisam ser enfrentados com urgência e seriedade. A tecnologia pode ser uma ferramenta bastante útil para endereçar em larga escala vários problemas como, a educação e a saúde. O Brasil tem a natureza e a tecnologia como aliadas estratégicas para ser referência nos negócios sustentáveis no mundo.

*Sócio-diretor da Loures Comunicação

 

 

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.