A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Venezuela ampliará fornecimento de energia a Roraima

O governo de Roraima afirmou que o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, se comprometeu em melhor a rede de energia que abastece o estado

A Venezuela não só vai manter, como ampliará o fornecimento de energia elétrica para Roraima. A informação foi divulgada pelo presidente venezuelano, Nicolás Maduro, durante reunião com a governadora de Roraima, Suely Campos. O encontro ocorreu nesta quinta-feira (20), no Palácio Miraflores, em Caracas. Nele, Maduro manifestou também a intenção de implementar um plano de repatriação de venezuelanos que queiram retornar ao país.

Segundo a assessoria da governadora, Maduro se comprometeu em determinar "a imediata manutenção do Linhão de Guri em território venezuelano". A afirmação foi feita em meio a notícias veiculadas pela imprensa de que o governo da Venezuela teria feito uma ameaça de corte no fornecimento de energia enviada a Roraima.

"O presidente [Maduro] garantiu que vai começar imediatamente a manutenção da rede elétrica para melhorar a qualidade da energia para nós e que vai prorrogar o contrato até que nós tenhamos a construção do Linhão de Tucuruí. Então, com isso, se nós chegarmos a aumentar a quantidade de megawatts, teremos a segurança energética que precisamos para atrair novos investimentos, novos empresários do setor produtivo, para seguir crescendo", disse por meio de nota a governadora.

A situação em Roraima tem ficado complicada também devido ao impacto causado pela entrada de um grande número de venezuelanos no Brasil, principalmente nos serviços públicos de saúde e segurança do estado. De acordo com o governo local, 800 venezuelanos atravessam a fronteira diariamente, em busca de melhores condições de vida no Brasil.

Segundo Suely, o governo de Roraima garantirá transporte a todo venezuelano que queira retornar a seu país. A ajuda deverá ter início na próxima semana, atendendo 100 imigrantes que teriam se cadastrado junto ao consulado daquele país com o intuito de fazer a viagem de volta.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também