Um balanço da educação pública em cada estado do Brasil

São Paulo está entre os estados com melhores resultados no Ideb 2015. Já Sergipe e Alagoas ficam entre os piores no ranking de desempenho

São Paulo — São Paulo permanece entre os estados que mais se destacam nos resultados de escolas públicas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica 2015 (Ideb), divulgado nesta quinta-feira pelo governo federal.

A rede pública de ensino do estado tem a melhor nota nos primeiros anos do ensino fundamental, com 6,2 pontos, seguido de Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, todos com média 6,1.

Nos anos finais do fundamental, aparece em segundo lugar, com a nota 4,7, atrás de Santa Catarina (4,9). Já no ensino médio também ocupa a primeira posição, empatado com Pernambuco, com a nota 3,9.

Apesar de figurar entre as melhores redes públicas, São Paulo não conseguiu atingir as médias estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC) nos dois ciclos finais da educação básica.

Além disso, a rede paulista, tradicionalmente, já se posicionava entre as melhores do país. Ou seja, o estado se manteve em um patamar mais elevado do que outras regiões mas não apresentou melhoras significativas nas séries finais, que são de responsabilidade do governo estadual. 

Abaixo da meta

Os resultados das escolas públicas no ensino médio são alarmantes em todo país. Apenas dois estados superaram as metas previstas para essa etapa de ensino: Amazonas e Pernambuco.

Já Goiás e Piauí atingiram exatamente a mesma nota da meta, enquanto todas as demais unidades da federação ficaram atrás da projeção esperada pelo governo federal.

Entre os estados que tiveram a maior superação da meta nos dois ciclos do ensino fundamental, está o estado do Ceará, que conseguiu a nota 5,7 no ciclo 1 (a meta era de 4,2) e 4,5 no ciclo 2 (a meta era 4).

Baixo desempenho

Na pior posição do ranking de redes públicas do país, aparece o estado de Sergipe, seguido por Alagoas. Eles apresentam os mais baixos resultados em todas as fases da educação básica.

No ensino médio, Sergipe aparece com a nota 2,6, enquanto Alagoas tirou 2,8 pontos, empatado com o Rio Grande do Norte. No fundamental 2, Sergipe tem 3,1 e Alagoas, 3,2. Já no fundamental 1, Sergipe atingiu a nota 4,1 e Alagoas aparece em seguida com 4,3, mesma nota que Pará e Amapá.

//e.infogr.am/js/embed.js?EKd

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.