Brasil

Senador americano critica Brasil por receber navios iranianos

Os navios iranianos ficarão atracados no Rio de Janeiro até o dia 4 de março e a Marinha do Brasil não deu nenhuma resposta até o momento à declaração do senador americano

Ted Cruz: o senador também chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de "chavista" e o acusou de ser "alinhado contra os EUA" (Anna Moneymaker/Getty Images)

Ted Cruz: o senador também chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de "chavista" e o acusou de ser "alinhado contra os EUA" (Anna Moneymaker/Getty Images)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 1 de março de 2023 às 08h37.

O senador republicano Ted Cruz, dos Estados Unidos, comentou que a chegada de navios de guerra do Irã no porto do Rio de Janeiro representa "uma ameaça direta a segurança dos americanos", afirmando que todas as companhias brasileiras, incluindo o próprio porto, que fornecerem quaisquer tipo de serviços aos iranianos estão sob risco de receberem sanções, por decorrência das leis antiterrorismo americanas.

"O governo Biden é obrigado a impor sanções relevantes e reavaliar a cooperação do Brasil com os esforços antiterroristas dos EUA. Se o governo não fizer isso, o Congresso deveria forçá-lo" publicou Cruz em seu site.

Na mesma nota, o senador também chamou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de "chavista" e o acusou de ser "alinhado contra os EUA". "Ou esses riscos (da chegada dos navios iranianos)não foram transmitidos, ou os brasileiros não se importaram".

Os navios iranianos ficarão atracados no Rio de Janeiro até o dia 4 de março e a Marinha do Brasil não deu nenhuma resposta até o momento à declaração do senador americano.

Acompanhe tudo sobre:Estados Unidos (EUA)Governo LulaIrã - PaísNaviosPortos

Mais de Brasil

Lula, 'BolsoNunes' e 'paz e amor': convenção dá tom de como será a campanha de Boulos em SP

Sob gestão Lula, assassinatos contra indígenas no Brasil aumentam 15% em 2023, aponta relatório

PRTB marca data de convenção para anunciar candidatura de Marçal no mesmo dia do evento de Nunes

Moraes defende entraves para recursos a tribunais superiores e uso de IA para resolver conflitos

Mais na Exame