Brasil

Obras de mobilidade no Rio terão financiamento de R$ 2,7 bi

Segundo o BNDES, a estimativa é que, com as obras, sejam criados cerca de 17 mil empregos diretos e indiretos


	BRT, no Rio: projetos englobam parte BRT Transoeste e ligação BRT Transolímpica-BRT Transbrasil
 (Divulgação/Facebook)

BRT, no Rio: projetos englobam parte BRT Transoeste e ligação BRT Transolímpica-BRT Transbrasil (Divulgação/Facebook)

DR

Da Redação

Publicado em 3 de junho de 2014 às 17h58.

Brasília - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou hoje (3) a aprovação de empréstimo no valor de R$ 2,7 bilhões para obras de melhoria na infraestrutura de mobilidade urbana do município do Rio de Janeiro.

Os recursos representam 88% dos investimentos totais, de acordo com a assessoria de imprensa do banco.

Os projetos englobam parte do Bus Rapid Train (BRT) Transoeste, o corredor expresso Transolímpica, a ligação BRT Transolímpica-BRT Transbrasil e a duplicação do elevado das Bandeiras.

Também estão incluídas obras nos locais onde serão disputadas provas nas Olimpíadas de 2016, entre as quais o entorno do Parque Olímpico, a ciclovia Niemeyer, a extensão da Via Expressa do Porto Maravilha e o entorno do estádio Engenhão.

Segundo o BNDES, a estimativa é que, com as obras, sejam criados cerca de 17 mil empregos diretos e indiretos.

Acompanhe tudo sobre:BNDEScidades-brasileirasInfraestruturaMetrópoles globaismobilidade-urbanaObras públicasRio de Janeiro

Mais de Brasil

Novo oficializa candidatura de Marina Helena à prefeitura de SP com coronel da PM como vice

Estudo da Nasa aponta que Brasil pode ficar 'inabitável' em 50 anos; entenda

Temperatura acima de 30°C para 13 capitais e alerta de chuva para 4 estados; veja previsão

Discreta, Lu Alckmin descarta ser vice de Tabata: 'Nunca serei candidata'

Mais na Exame