Nível de reservatórios no Sudeste/Centro-Oeste cai a 36,78%

Números superam a previsão inicial de 35% para o final do mês traçada pelo ONS

São Paulo - O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) reduziu novamente, desta vez de 36,6% para 36,1%, a previsão dos níveis de armazenamento dos reservatórios do Sudeste/Centro-Oeste ao final de junho.

Na semana anterior, a projeção já havia sido ajustada de 37,1% para 36,6%, conforme revisões semanais do Programa Mensal de Operação (PMO).

Ambos os números, contudo, superam a previsão inicial de 35% para o final do mês traçada pelo ONS.

A revisão para baixo na última semana é consequência da expectativa menos favorável para o subsistema Sudeste/Centro-Oeste no decorrer do período.

"As vazões naturais previstas para a próxima semana apresentam-se em recessão em relação às verificadas na semana em curso. A previsão é atuação de uma massa de ar frio e seca", destacou o ONS, praticamente repetindo comentário publicado uma semana antes.

A visão em relação aos reservatórios da região Sul também foi ajustada para baixo, de 91,3% para 80,4%. O número, porém, continua acima do patamar de 77% previsto inicialmente para o final de junho.

No caso da região Nordeste, as estimativas também foram ajustadas para baixo. A energia armazenada nos reservatórios deve chegar ao final do mês em 36,3%, contra 36,6% previstos na semana e a projeção inicial de 37,4%.

Na região Norte, a estimativa da última semana ficou inalterada em 92,1%. A projeção inicial para o final de junho indicava armazenagem de 92,8% dos reservatórios.

O ONS destaca em documento, o qual abrange o período de 21 a 27 de junho, que há previsão de chuva fraca a moderada nas bacias dos rios Jacuí, Uruguai e Iguaçu.

O cálculo de Custos Marginais de Operação (CMO) médio semanal passou de R$ 367,51/MWh para R$ 411,26/MWh nas regiões Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte, e de R$ 0,00/MWh para R$ 136,60/MWh na região Sul.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também