Motorista confirmou que perdeu o controle de ônibus

Motorista Djalma Lopes de Carvalho que dirigia o ônibus da Linha 413 pode pegar até 20 anos de prisão se for constatado que ele foi o responsável pelo acidente

Rio de Janeiro - O motorista Djalma Lopes de Carvalho, 54 anos, que dirigia o ônibus da Linha 413 (Jardim de Alah - Muda) e tombou o veículo na calçada ao tentar fazer uma curva no trecho que liga a Leopoldina à Avenida Paulo de Frontin, na zona norte da cidade, na manhã de hoje (30), pode pegar até 20 anos de prisão se for constatado que ele foi o responsável pelo acidente.

A informação é do delegado da 18ª Delegacia de Polícia, da Praça da Bandeira, Fábio Barucke.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, dez pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança de 6 anos.

"Ele [motorista] disse que trabalha na viação há um ano e que está acostumado a fazer esse trajeto, mas afirmou que perdeu o controle do coletivo. A perícia apreendeu o tacógrafo do veículo para investigar se ele estava acima da velocidade permitida, mas já adiantaram que um dos pneus do ônibus está furado”, destacou o delegado.

Segundo ele, a empresa responsável pelo ônibus disse que os pneus estavam em perfeitas condições e que o estrago ocorreu durante o acidente.

“O funcionário pode ser acusado de lesão corporal qualificada culposa e responder a dois anos de prisão por cada vítima, ou seja, até 20 anos de prisão no total de dez vítimas",ressaltou Barucke.

Mais cedo, o funcionário da Viação Alfa foi encaminhado para o Instituto Médico Legal, na zona portuária do Rio, onde fez exame de alcoolemia para investigar se o motorista ingeriu bebida alcoólica. Segundo Fábio Barucke, o exame deu negativo.

O motorista deve prestar depoimento à polícia ainda nesta segunda-feira.

A Secretaria Municipal de Saúde informou que sete das dez vítimas foram encaminhadas para o Hospital Souza Aguiar, no centro da capital fluminense. Seis delas sofreram traumas leves e serão liberadas ainda hoje, após uma bateria de exames.

Contudo, um homem está em estado grave, devido a uma lesão no braço e deve permanecer internado. Outras três pessoas foram levadas para o Hospital Miguel Couto, na zona sul da cidade, mas também estão estáveis e serão liberadas até o final do dia.

Procurada pela Agência Brasil, a Viação Alfa não tinha ninguém de plantão para comentar sobre o acidente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.